Oportunidade: 10 vinhos europeus com preços imperdíveis

Publicado em 19/10/2016

Vinho europeu é vinho caro? Não necessariamente! Separamos 10 rótulos vindos da Itália, de Portugal, da Espanha e da França com preços que cabem no seu bolso. Confira:

1. Barone Montalto, um vinho italiano vindo da Sicília

Um italiano da região da Sicília feito 100% com a uva original da ilha, a Nero d’Avola, o Vinho Tinto Barone Montalto Acquerello é ideal para acompanhar as delícias da gastronomia italiana, como a pizza de calabresa ou margherita, fettuccine à pomodoro e queijo pecorino.

Conheça aqui mais sobre a ilha italiana da Sicília e descubra por que os vinhos da região estão na moda!

Vinho Tinto Barone Montalto Acquerello Nero d’Avola 2015 750 mL

2.  Van Zellers Tinto, um português da tradicional região do Alentejo

Imagine provar um vinho produzido por uma vinícola do ano de 1.780! O Alentejo é uma região conhecida por suas cidades medievais e sua gastronomia. Além do porco preto, uma iguaria típica de lá, é fácil encontrar presuntos, costela suína assada com farofa de laranja, ensopado de cordeiro e rabada.

Confira quais são as principais regiões vinícolas de Portugal.

Vinho Tinto Van Zellers Alentejo Tinto 2015 750 mL

3.  San Marzano Il Pumo Rosso Salento, um vinho do sul da Itália

Três uvas nascidas na Itália compõem o blend desse vinho de Puglia, região sul da bota: Sangiovese, Malvasia Nera e Aglianico. É um vinho pronto para beber, de cor vermelha rubi profunda, perfeito para acompanhar queijos maduros e carnes vermelhas.

Gosta de gastronomia italiana? Confira nosso especial de harmonizações de pratos típicos da Puglia.

vinho-tinto-san-marzano-il-pumo-rosso-salento-igp-2013-750-ml

Vinho Tinto San Marzano Il Pumo Rosso Salento IGP 2013 750 mL

4.  Vinho Tinto Menguante, conheça a famosa uva espanhola Tempranillo

O vinho ideal para quem quer conhecer a uva mais adorada da Espanha, a Tempranillo, vindo da região de Aragón. Além disso esse vinho é um rótulo biodinâmico, um estilo de viticultura que prega o cultivo das videiras em total integração com o ambiente natural ao seu redor.

Nessa matéria explicamos o que são os vinhos biodinâmicos.

 Vinho Tinto Menguante Tempranillo 2014 750 mL

Vinho Tinto Menguante Tempranillo 2014 750 mL

5. Tarima, um tinto espanhol orgânico

Existe vinho orgânico? Existe sim! Esse rótulo espanhol é feito 100% com uvas Monastrell, provenientes de vinhedos que recebem cuidados orgânicos. Ideal para acompanhar um cordeiro assado e legumes e outras carnes vermelhas assadas e grelhadas.

Descubra quais são as diferenças entre vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais.

Vinho Tinto Tarima Orgânico 2012 750 mL

Vinho Tinto Tarima Orgânico 2012 750 mL

6. Monte Hiniesta Toro Joven, um vinho da região espanhola de Toro

Esse rótulo traz os poderosos aromas e sabores da região do Toro, feito de uma uva chamada Tinta del Toro (a conhecida Tempranillo). Para se ter uma ideia da importância da região, o vinho é produzido nessa região desde a época dos romanos! As vinhas que dão origem ao Toro Jovem têm mais de 65 anos – uma idade bastante respeitável.

Conheça as uvas tintas espanholas além da Tempranillo.

Vinho Tinto Monte Hiniesta Toro Joven 2011 750 mL

7. Marquis de Bordeaux, um Bourdeaux de ótimo custo-benefício

Esse rótulo foi pensado para ser um Bourdeaux com excelente custo-benefício! Dificilmente você ai encontrar um vinho dessa importante região da França por menos de três dígitos! Produzido a partir de duas uvas francesas, a Cabernet Franc e a Merlot. Esse não é um vinho de guarda, ou seja, pode ser consumido imediatamente, e vai bem com assados e carnes grelhadas e queijos governos.

Quer saber mais sobre os vinhos de Bordeaux? Aqui você confere nossa coluna especial que conta quais são as mais importantes safras da região.

Vinho Tinto Marquis de Bordeaux Rouge 2012 750 mL

Vinho Tinto Marquis de Bordeaux Rouge 2012 750 mL

8. Mazzei Poggio Badiola, um tinto da Toscana

Se você gosta de carnes assadas, risotos e queijos, esse vinho italiana da região de Toscana é o acompanhamento certo. Aqui você encontra duas uvas diferentes usadas para produzir o vinho: a Sangiovese e a Merlot. É uma das melhores escolhas para acompanhar as famosas fondues de inverno.

Quer preparar um fondue de queijos? Aqui ensinamos a receita tradicional suíça!

Vinho Tinto Mazzei Poggio Badiola Toscana IGT 2014 750 mL

Vinho Tinto Mazzei Poggio Badiola Toscana IGT 2014 750 mL

9. Vinho Tinto Senda, da região de La Mancha

Outro rótulo feito da Tempranillo, o Senda veio de uma região extremamente quente e seca da Espanha. Esse vinho é o que chamamos de gastronômico, ou seja, muito fácil de harmonizar com diferentes pratos, como carnes vermelhas mal passadas, queijos curados e carne seca!

Se você gosta de comida espanhola, não deixe de conferir 6 receitas típicas para organizar um jantar típico!

Vinho Tinto Senda 66 750 mL

Vinho Tinto Senda 66 750 mL

10. Feudo Maccari Nelo D’Avola, um típico italiano

Esse tinto veio de uma região à esquerda da península do Peloponeso, à direita do que um dia foi Cartago, suas terras já foram ocupadas pelos impérios grego, cartaginense e romano. Com com vermelho púrpura, o Feudo Maccari é um vinho de guarda tipicamente italiano, e seu sabor é uma explosão de frutas na boca. Ideal para carnes assadas e massas com molho de tomate!

Aqui ensinamos três receitas para preparar um banquete italiano na sua casa!

Vinho Tinto Feudo Maccari Nero d' Avola 2014 750 mL

Vinho Tinto Feudo Maccari Nero d’ Avola 2014 750 mL

 

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

6 receitas típicas para organizar um jantar espanhol

Continue lendo

Sicília: descubra porque os vinhos da ilha italiana estão na moda

Continue lendo

As principais regiões vinícolas da Espanha

Continue lendo