Tasca da Esquina: harmonizando vinhos e pratos portugueses na Páscoa

Publicado em 28/03/2018

Sob o comando do chef português Vítor Sobral, o Tasca da Esquina – com sede em Lisboa e filial em São Paulo – está, sem dúvidas, no rol das principais casas lusitanas na capital paulistana. Confira o prato especialmente criado pelo chef para a Páscoa de 2018

Da premiada cozinha da Alameda Itu 225, saem com sotaque contemporâneo os pratos mais tradicionais da culinária de Portugal. Um dos grandes destaques vai para o Bacalhau Panado (o lombo do peixe empanado, acompanhado de acelga salteada e servido sobre creme de laranja, por R$ 99), isso sem falar no hambúrguer de alheira, queijo Serra da Estrela, ovo e fritas (R$ 72), além de diversas opções de miúdos e embutidos.

Se não nos restam dúvidas de que o bacalhau é o prato mais desejado da Páscoa, então o Tasca da Esquina é destino certo para a celebração. O chef que comanda a cozinha, além de outras Esquinas – como são apelidadas carinhosamente as suas casas, duas em São Paulo e três em Lisboa -, é autor do livro As Minhas Receitas de Bacalhau, que conta com mais 500 preparos diferentes do peixe.

A combinação não poderia ter dado mais certo.

Quem for ao Tasca da Esquina no feriado de Páscoa, de 30 de março a 1 de abril, também vai poder desfrutar um dos sabores mais clássicos da terrinha em releitura vanguardista. Especialmente para a data, Vítor Sobral vai incluir no menu o Roupa Velha de Bacalhau (R$ 160, serve duas pessoas), prato típico da região do Minho, também conhecida pelo Vinho Verde.

Roupa Velha de Bacalhau: prato elaborado especialmente para o menu de Páscoa do Tasca da Esquina, acompanhado do vinho Van Zellers Alentejo Tinto

O protagonista do prato é o generoso lombo de bacalhau (que diferentemente das versões mais clássicas não é adicionado ao preparo em pedaços, mas em posta), que vem acompanhado de farofa de amêndoas tostadas, feijão cremoso (arroz carolino cozido no caldo de feijão vermelho até ganhar textura cremosa), couve, cenoura, batata e ovo. Seja pela riqueza de sabores do prato, pela sua cremosidade ou pela estrutura que ganha na soma dos acompanhamentos, o peixe harmoniza muito bem com um vinho tinto do Douro.

A sugestão do Sommelier Massimo Leoncini é provar o Roupa Velha de Bacalhau ao lado do Van Zellers Douro Tinto (R$ 164 na carta do Tasca da Esquina).

Bacalhau panado sendo harmonizado com o vinho Churchill’s Meio Queijo Douro Tinto 2014 (R$ 120 na carta do Tasca da Esquina)

Quem preferir os outros pratos (ou até mesmo uma das outras versões de bacalhau que a casa oferece), o menu do restaurante será servido normalmente durante o período.

Serviço

Tasca da Esquina
Endereço: Alameda Itu, 225 – Cerqueira César – São Paulo, SP
Telefone: (11) 3262-0033
E-mail: reservas@tascadaesquina.com

Por Gustavo Jazra

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Bacalhau e vinho português: aprenda 5 harmonizações tradicionais de Páscoa

Continue lendo

9 receitas de Bacalhau para a Páscoa, com dicas de harmonização!

Continue lendo

10 receitas portuguesas tradicionais que você precisa conhecer

Continue lendo

Receita: Bolinho de Bacalhau do restaurante Tasca do Zé e da Maria

Continue lendo

3 receitas típicas portuguesas harmonizadas com vinhos, por Bru Calderon

Continue lendo

Os 11 maiores desafios de harmonização com vinho

Continue lendo