Vamos tomar vinho ao ar livre?, por Vinho do Bom

Publicado em 23/10/2017

A primavera já começa a mostrar ares de verão. É só começar a temporada de sol que a gente aqui, do Vinho do Bom, se enche de ideias para fazer coisas diferentes… Como tomar vinho ao ar livre!

Por Vinho do Bom

O calor, quando recomeça, chega provocando vontades: tirar os sapatos, sentir os pés na terra, receber o sol na pele, reconhecer os cheiros ao vento (sabia que é cientificamente comprovado que os bons aromas melhoram o bem-estar?). A primavera renova os sentidos. Parece até que tem mais oxigênio do lado de fora!

Existe programa mais charmoso que um piquenique na primavera? Em Paris, é a estação oficial das refeições ao ar livre, acompanhadas de algo que é tipicamente parisiense: o vinho rosé. A bebida é a mais tradicional da estação para os franceses – e para nós, do Vinho do Bom, também! Que tal aproveitar o Outubro Rosé e fazer um piquenique só com vinhos rosés?

Apreciar um vinho ao ar livre é uma viagem… Será que tem regras para aproveitar ao máximo a farra? Não gostamos de normas, ainda mais para um programa tão descontraído, mas, quem não quer umas dicas?!

Aproviete!

Dica 1: A toalha

Não economize na toalha de mesa, leve a maior que você tiver. Ou leve várias toalhas. Você não acha mais gostoso ter espaço para se espalhar do que ficar medindo gestos?!

Dica 2: Saca-rolhas

Ó dúvida cruel, levar vinho providencialmente com tampa de rosca ou com rolha? A verdade é que a gente nunca, nunquinha deixou esse tipo de dilema atrapalhar a diversão. Saca rolha a gente tem até de bolso!

Dica 3 – Entre a louça e o descartável

A gente acha o maior barato um piquenique com cesta de vime, taças de vidro, talheres e tudo o mais. É perfeito. Tem uma atmosfera de filme – no qual nós somos as estrelas, brindando!

Mas, como carregar um jogo de louça fica meio pesado, dá para manter o charme com os descartáveis de bambu, que são super elegantes e 100% compostáveis.

Quanto aos talheres, vale lembrar que as facas de plástico simplesmente não cortam. Leve ao menos uma de verdade.

Dica 4 – O prazer do vinho

Um piquenique com vinho tem que ter taças, mesmo que elas sejam de acrílico, que são bem resistentes por sinal.

Agora, conservar o vinho fresquinho é um desafio. Mas temos soluções!

Na categoria fácil de usar, gostamos de algumas opções: a manta térmica, que você deixa no congelador e depois a envolve na garrafa. Ela ajuda a esfriar rapidamente a bebida, que fica em temperatura baixa por bastante tempo. Outra solução é a wine bag, literalmente uma bolsa para vinho, que vem em duas possibilidades – com gel (que você resfria) ou com gelo (que você abastece antes de sair).

A mais original de todas é o Corkcicle, uma invenção que é uma espécie de canudo que é resfriado no freezer e depois colocado diretamente dentro da garrafa. É super estiloso!

Uma ideia menos charmosa, mas muito bem-vinda é o famoso cooler (ou a caixa de isopor mesmo). A gente gosta da ideia de congelar garrafas de água e coloca-las no fundo, o que não despensa também levar um pouco de gelo.

E, se o piquenique for à beira de um rio, dá para fazer como antigamente, é só deixar as garrafas se refrescando na água corrente.

Dica 5 – Lista pra que te quero

A ideia do piquenique é estar em algum lugar tranquilo, o que significa que não vai ter nenhum comércio por perto. Que tal fazer uma check list incluindo aquelas coisinhas extras, tipo papel toalha, sacos de lixo, repelente e protetor solar, por exemplo?

Dica 6 – Um por todos, todos por um

Dependendo do número de pessoas, organizar um piquenique dá trabalho. Se cada um assumir uma parte da organização as coisas ficam mais divertidas – e ninguém fica sobrecarregado.

Que comidinhas fazem o piquenique ser delicioso?

Em Paris, os franceses levam a sério a qualidade do que levam à boca, mesmo para algo muito simples como um piquenique. Seu menu de piquenique tem a nossa cara, é descomplicado e saboroso? Baguettes, queijo, frios, um bom patê, salada de vinagrete de cenoura ralada e Madeleines frescas da padaria.

A gente também acrescentaria algumas opções que acompanham numa boa o nosso vinho: sticks de parmesão, mix de castanhas, torta caseira de legumes, frutas secas e frutas frescas.

No terraço de casa, na varanda, no gramado do parque, à beira da piscina, na areia da praia… Seja onde for, quando a primavera chega, ela vem com um convite: vamos tomar um rosé ao ar livre?

Tim tim!

Alessandra e Ranimiro Lotufo são os nomes que estão por trás do Vinho do Bom, blog de vinho com ambiente descontraído e bem humorado. E é exatamente por isso que estão aqui, na Revista Digital da Grand Cru, compartilhando a experiência com os pequenos prazeres ao redor de uma taça de vinho. Acompanhe e divirta-se!

Esta matéria fala sobre: Vinho do Bom

Matérias relacionadas:

Piquenique (com vinho!) em um lugar calmo de SP, por Gui Cury e Deisi Remus

Continue lendo

Organizando um piquenique com vinho perfeito para a sua tarde de primavera!

Continue lendo

11 pontos turísticos para conhecer em Santiago, no Chile

Continue lendo

La vie en Rosé: vinhos para a primavera, por Catha Castro

Continue lendo

4 passos para organizar um Wine Dinner descontraído em casa, por Vinho do Bom

Continue lendo

O que o seu vinho favorito diz sobre sua personalidade?, por Vinho do Bom

Continue lendo