Receita: Bacalhau à Zé do Pipo, por Carla de Souza Colombo

Publicado em 05/04/2017

A Carla de Souza Colombo, do Brisando na Cozinha, compartilhou conosco sua versão da receita do Bacalhau à Zé do Pipo, outra preparação tradicional do prato português!

Rendimento: 5 pessoas| Tempo de preparo: 40 min | Nível de dificuldade: Médio

Ingredientes

  • 1 kg de lombo de bacalhau dessalgado e cozido em 1l de leite
  • farinha para empanar
  • 2 xícaras (chá) de azeite extravirgem
  • 4 cebolas em rodelas finas
  • 1 pimentão vermelho em tiras
  • 2 folhas de louro
  • 1 kg de batatas cozidas e espremidas
  • 1 colher (sopa) bem cheia de manteiga ou margarina
  • 1 gema
  • noz moscada ralada na hora
  • sal à gosto
  • 250 g de maionese
  • azeitonas pretas pra decorar

Modo de preparo

Mas se você comprar ele salgado, dessalgue-o no dia anterior, trocando sua água umas 4 vezes, de 6 em 6 horas. Experimente uma pequena lasquinha e verifique se já está no ponto, e só depois cozinhe rapidamente no leite, mas não deixe que desmanche.

Feito isso, retire o bacalhau do leite com cuidado, e reserve esse leite. Passe os lombos de bacalhau (um pouco mais frios) na farinha de trigo e doure-os nas duas xícaras de azeite. Vá arrumando os pedaços num refratário conforme for fritando. Frite aos poucos para não desmanchar!

Depois de fritos, no mesmo azeite coloque a cebola e mexa bem. Adicione o louro, o pimentão e vá mexendo, com cuidado para que fiquem bem brilhantes, mas não douradas. Para isso, adicione um pouco do leite do cozimento do bacalhau à esse refogado.

O leite faz com que o refogado fique com um pouco mais de sabor do bacalhau, e faz com que as cebolas não escureçam. Adicione sal à gosto, sempre dando uma experimentada, pois o leite já contém um pouco do sal do bacalhau, e o azeite também. Quando a cebola estiver murcha, desligue o fogo, retire as folhinhas de louro e deixe dar uma esfriadinha.

Enquanto isso prepare o purê de batatas: Esprema as batatas ainda quentes, coloque na panela, adicione uma colher generosa de manteiga, um pouco do leite “do bacalhau”, a gema, um pouco de noz moscada, e leve ao fogo apenas até a manteiga derreter. Desligue o fogo, acerte o sal e mexa bem.

Para a montagem, pegue o refratário onde está o bacalhau já arrumadinho, coloque todo o refogado de cebolas e pimentão por cima, inclusive o azeite, e arrume bem com uma colher ou garfo.

Por cima desse refogado, espalhe a maionese, formando uma grossa camada por cima. Coloque o purê de batatas num saco de confeitar e vá espalhando pela borda do refratário. Se não tiver o saco de confeitar, use duas colheres mesmo, não tem problema.  Feito isso, Leve ao forno alto preaquecido até dar aquela dourada/gratinada. Feito isso, retire do forno, decore com azeitonas pretas e sirva com arroz fresquinho. Uma delícia!

Harmonização: o espumante italiano Villa Crespia Franciacorta é ideal para harmonizar saladas, peixes, canapés, entradas frias e frutos do mar!

Bacalhau à Zé do Pipo, por Carla de Souza Colombo

Esta matéria fala sobre: Peixe e frutos do mar Prato principal

Matérias relacionadas:

9 receitas de Bacalhau para a Páscoa, com dicas de harmonização!

Continue lendo

5 dicas de como escolher vinhos de guarda para a sua adega, por Massimo Leoncini

Continue lendo

Aprenda a lavar corretamente suas taças e decantadores de vinho!

Continue lendo