"Como guardar uma garrafa de vinho depois de aberta?", por Daniel Perches

Publicado em 31/07/2017

Sabe aqueles dias em que você vai abrir a garrafa de vinho, mas pretende beber somente uma tacinha? Aprenda com o nosso colunista Daniel Perches o que fazer para conservar o vinho com qualidade e não desperdiçar uma gota sequer.

Por Daniel Perches

A garrafa “padrão” de vinho, com seus 750 mL, deve servir de 4 a 6 pessoas, com uma boa taça para cada um e claro, para que todos possam beber moderadamente. Então se você estiver dividindo seu vinho com essa quantidade de pessoas, provavelmente não vai sobrar nada para contar história.

Mas e quando estamos só em dois, ou até mesmo sozinhos? Provavelmente vamos ter um pouco de vinho na garrafa ao final e como o nosso intuito é sempre apreciar bem essa fantástica bebida, nada mais justo do que guardar o restante do vinho. Para isso, existem algumas dicas:

A primeira é que você tenha uma tampa específica para esse fim. As destinadas aos espumantes possuem travas para assegurar que o gás contido na garrafa não mande a tampa para longe e para vinhos tranquilos (brancos, tintos, rosés) elas são geralmente de silicone e possuem uma bombinha para tirar o ar de dentro da garrafa. São fáceis de encontrar e vão dar uma “sobre-vida” ao seu vinho por mais alguns dias.

A segunda dica vai principalmente para os espumantes. Se você guardar, mesmo com a tampa certa, não deixe em local que possa ficar chacoalhando, como a porta da geladeira. Ao fazer isso, ele desprenderá o gás mais rapidamente e você perderá mais rápido o que sobrou na garrafa.

E a terceira é um formato que aprendi com uma amiga e dá muito certo. Compre garrafinhas de vinho de 187 mL, que representam ¼ de uma garrafa normal. Após beber o vinho que veio nela, lave bem e guarde. Quando você tiver vinho sobrando, coloque nessa garrafinha e tampe novamente. A quantidade de ar dentro dessa garrafa vai ser bem menor e você poderá utilizar por mais tempo. Se quiser, ainda dá para tirar o rótulo e pintar ela de tinta preta (só por fora, obviamente). Aí você escreve com giz a data e o nome do vinho que está lá dentro.

Tanto a garrafinha quanto as tampas são encontradas nas lojas da Grand Cru. Aproveite a sua próxima compra de vinhos e adicione esse utensílio à sua coleção.

Um abraço!

Daniel Perches

Foi ao atender a conta de uma vinícola na agência em que trabalhava que o publicitário Daniel Perches descobriu sua paixão por vinho. Foi aí que sentiu a necessidade de escrever sobre o tema (e estudar também!). Deixou a carreira de 10 anos de lado e passou a se dedicar exclusivamente a seu blogvinhosdecorte.com.br e outras publicações. Seu objetivo? Que o vinho faça parte cada vez mais do cotidiano das pessoas. Aqui, assina a coluna Pergunte ao Daniel.

Esta matéria fala sobre: Pergunte ao Daniel

Matérias relacionadas:

"Vinho branco com peixes e frutos do mar: essa regra vale sempre?", por Daniel Perches

Continue lendo

Como escolher um vinho para presentear?, por Daniel Perches

Continue lendo

Os diferentes tipos de taça, por Daniel Perches

Continue lendo

Tampa de rosca só para os vinhos mais baratos?, por Daniel Perches

Continue lendo

“Qual é o melhor vinho para festas e eventos?”, por Daniel Perches

Continue lendo

5 fatos que você não sabia sobre garrafas de vinho

Continue lendo