Receita: Mini cuscuz, por Bru Calderon

Publicado em 19/12/2017

A receita de Cuscuz tem origem no Marrocos e por lá é feita tradicionalmente com farinha granulada de trigo. Aqui no Brasil adaptamos e utilizamos a farinha de milho para preparar essa delícia nas versões Nordestina, que é feita sem recheio, e a Paulista, feita com ovos cozidos, tomates e azeitonas e que será servida como entrada no cardápio da nossa Ceia.

Por Bru Calderon

Ingredientes

  • 1/2 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 e 1/2 xícaras de farinha de milho
  • 1 xícara de ervilha
  • 1 xícara de milho verde
  • 2 colheres de molho de tomate
  • 1 xícara de azeitonas verdes
  • 2 ovos cozidos (1 picado e outro em rodelas)
  • 1 tomate em rodelas
  • Sal
  • Pimenta
  • Salsinha
  • Azeite

Modo de preparo

Deixe separadas algumas rodelas de tomate, ovo e algumas folhas de salsinha para decorar. Refogue a cebola e o alho no azeite e em seguida acrescente o molho de tomate. Adicione a ervilha, milho, tomate, azeitona e deixe ferver um pouco.

Agora é hora de colocar a farinha, tenha muito cuidado e coloque aos poucos para não empelotar. Misture o ovo cozido picado e mexa delicadamente para não esfarelar. Escolha formas pequenas para dar um charme especial. Unte as forminhas e coloque os ingredientes separados no início formando uma bela decoração. Coloque fatias de ovo, de tomate e folhas de salsinha intercaladas até preencher o fundo inteiro de cada forma.

Agora despeje a massa do cuscuz e pressione levemente para que a base fique uniforme. Deixe esfriar e desenforme.

Harmonização: um vinho rosé português, como o Rosé Casal Branco Terra de Lobos. Com uma intensidade que começa logo na cor, este vinho possui notas de framboesas, amoras e morangos frescos em seu paladar e além das frutas, notas florais em seu aroma.

Seu corpo é bem mais intenso do que estamos acostumados a ver em outros roses, mas nem por isso ele perde a harmonia e maciez.O vinho é jovem, fresco e com uma acidez bastante equilibrada, que combina perfeitamente com preparações mais geladas e frescas como o cuscuz paulista.

 

Advogada por formação, Bruna Calderon sempre gostou de cozinhar – e hoje se dedica a experimentar novas receitas, recriar pratos tradicionais e experimentar novos restaurantes em seu blog Bru Calderon. Aqui, assina a coluna sobre harmonização de vinhos da Grand Cru com as suas receitas autorais.

Esta matéria fala sobre: Massas

Matérias relacionadas:

9 pratos de entrada para a ceia de Natal e Ano Novo

Continue lendo

5 lugares que servem brunch em SP e no RJ, por Paola Perroti

Continue lendo

3 receitas maravilhosas de Happy Hour para harmonizar com vinho, por Bru Calderon

Continue lendo