Receita: Carne assada ao forno, com batatas rústicas e cebolas caramelizadas no vinho

Publicado em 11/09/2017

Mais uma receita tradicional do chile assinada pela vinícola Errazuriz Wines, essa carne de forno é feita do corte Plateada, conhecido como acém por aqui. Um prato de longo cozimento e bem condimentado, acompanhado de cebolas caramelizadas no vinho tinto. 

Nível de dificuldade: Média| Rendimento: 4 pessoas  | Tempo de preparo: 3 horas

Ingredientes

  • 1 kilo de carne do tipo Plateada (ou Acém, no Brasil)
  • 1 cenoura
  • 1 pimentão vermelho
  • 2 cebolas
  • 1 dente de alho
  • 500 ml vinho branco
  • 800 g de batatas vermelhas ou douradas
  • 2 cebolas vermelhas
  • 200 ml de vinho tinto
  • alecrim fresco
  • orégano fresco
  • salsinha
  • Modo de preparo

    Coloque uma camada de cebolas em fatias, pimentão vermelho e tiras de cenoura em uma assadeira. Em cima disso, coloque a peça de acém e tempere com sal, pimenta e orégano fresco. Cubra com vinho branco e asse no forno em fogo médio por cerca de 2 horas e meia. Encha com água para que a carne esteja sempre coberta de líquido. Guarde o caldo do cozimento e deixe fervendo em uma outra panela.

    Corte as cebolas vermelhas em fatias finas. Coloque uma panela em fogo médio com azeite e adicione as cebolas e o açúcar mascavo até ficarem douradas e caramelizadas. Em seguida, adicione o vinho tinto com o alecrim fresco e cozinhe até evaporar o líquido.

    Limpe cuidadosamente as batatas e cozinhe-as com a pele. Uma vez cozidas, corte-as em metades e refogue com azeite, merkén, ervas frescas, sal e pimenta.

    O que é Merkén: “o merkén tradicional leva 70% de ají da variedade cacho de cabra (pimenta da família da caiena, cereja, jalapeño e peperoncino), primeiro desidratado e depois defumado no forno, sendo a seguir moído e acrescido de 20% de sal e 10% de sementes de coentro” (Fonte: Estadão).

    Retire a carne do forno e corte em tiras. Sirva sobre as batatas, adicione o caldo do cozimento e as cebolas caramelizadas no vinho tinto.

    Harmonização: o Max Reserva Carménère é perfeito para acompanhar este típico prato chileno. Suas notas picantes com aromas de pimenta preta e páprica aumentam o tempero da carne e a pitada de mérken das batatas. Suas notas vegetais se combinam com as ervas, e as características de chocolate escuro do vinho adoçam o paladar.

    Esta matéria fala sobre: Carne bovina

    Matérias relacionadas:

    A história da uva Carménère no Chile

    Continue lendo

    4 lugares imperdíveis para beber vinho em Buenos Aires, por Renata Serrano

    Continue lendo

    Errazuriz: a vinícola familiar chilena que se tornou uma das mais importantes do mundo

    Continue lendo