Harmonização de comida japonesa e vinho

Publicado em 21/10/2016

A gastronomia japonesa é, em geral, um desafio de harmonização. Afinal, tanto os peixes crus – que são bastante delicados -, quanto os sabores fortes e condimentados (trazidos pelo wasabi, shoyu e missô), exigem a escolha correta dos vinhos para que a combinação seja perfeita e acabe não se sobrepondo a nenhum dos sabores dos pratos.

Como então escolher os rótulos para harmonizar com sua comida e bebida favoritas? Acompanhe as nossas dicas de como escolher a garrafa certa e se surpreenda com uma combinação espetacular!

Harmonizando pratos japoneses com vinho

A primeira e mais importante regra da arte de harmonizar vinho e gastronomia é que a bebida nunca deve se sobrepor ao sabor do prato. Muito pelo contrário: o vinho deve ressaltar as notas gustativas da comida. Por isso, quanto mais leve forem os ingredientes, mais leve ainda deve ser o vinho.

Embora os vinhos brancos, rosés e espumantes sejam excelentes escolhas para acompanhar pratos com peixes e frutos do mar, não é só de crus que vive a gastronomia japonesa. Os lamens, embora de origem chinesa, se consolidaram com as receitas e modo de preparo do Japão, e foi assim que chegaram até os restaurantes nipo-brasileiros. Assim como os yakisobas!

Além deles, os gyozas, tempuras e hot rolls trazem um desafio de harmonização à parte já que são fritos, e exigem vinhos minerais, que limpem a boca entre cada mordida.

Como harmonizar pratos crus da culinária japonesa: sushi, sashimi e temaki

sushi sashimi peixe cru como harmonizar vinho comida japonesa

Sushis e sashimis não são os únicos pratos com peixe cru da culinária japonesa, mas se consagraram ao lado do temaki como os mais conhecidos

Os sushis e os sashimis são os mais tradicionais, mas os temakis têm ganhado cada vez mais espaço no gosto dos brasileiros, principalmente o – já clássico – temaki de salmão com cream cheese e cebolinha. Além disso, o arroz com vinagre pode ser exigente devido à acidez do seu sabor, assim como o sal dos cogumelos, em geral grelhados na manteiga e no shoyu.

Uma boa acidez é a solução para harmonizar pratos com peixes crus, assim como a escolha de um vinho curinga para os diversos sabores dos pratos, como os vinhos rosés.

O Vinho Rosé Bernes Les Oliviers Côtes de Provence é excelente para combinar com gastronomia japonesa. Com pequena porcentagem de Cabernet no corte, este rosé da Provença tem bastante estrutura sem perder a acidez.

vinho-rose-berne-les-oliviers-harmonizacao-comida-japonesa-vinho

Vinho Rose Berne Les Oliviers: excelente opção para harmonizar temaki de salmão com cream cheese

Como harmonizar pratos fritos da culinária japonesa: guioza, hot roll e tempura

Hot roll, prato frito da culinária japonesa que se tornou popular no Brasil

Hot roll, prato frito da culinária japonesa que se tornou popular no Brasil

Guiozas, Hot rolls, tempuras, rolinho primavera, entre outros, são os petiscos fritos mais comuns de serem encontrados nos restaurantes japoneses. As frituras, em geral, precisam de um vinho especial, ainda mais se forem acompanhadas de frutos do mar, como os camarões.

Nossa indicação é o Vinho Branco Matetic Corralillo Sauvignon Blanc. Com elevada acidez, harmoniza perfeitamente com peixes, frituras e encara muito bem até pratos quentes (isso sem falar nos toques herbáceos que encontram a sua cara metade na alga nori).

vinho-branco-matetic-corralillo-sauvignon-blanc-harmonizacao-comida-japonesa-vinho

Vinho Branco Matetic Corralillo Sauvignon Blanc: com ótima acidez, acompanha muito bem frituras

Como harmonizar pratos quentes da culinária japonesa: yakisoba, lamen e carne com legumes cozidos

yakisoba prato quente como harmonizar comida japonesa e vinho

Para harmonizar o yakisoba e outros pratos quentes da gastronomia japonesa, vai precisar de um vinho com mais estrutura, como um Malbec

Yakisobas, ensopados e peixes grelhados ou cozidos são a base dos pratos quentes japoneses. Os lamens conseguem unir o acalento dos caldos e ensopados com a sustância da carne de porco. E esse ingrediente pede uma harmonização toda especial.

Nossa indicação é o rótulo Prófugos Malbec. Com um paladar mais mineral do que frutado, mas ainda assim bem suculento e com excelente acidez para harmonizar, esse Malbec argentino combina bem com carnes grelhadas com legumes cozidos, além das massas como espaguete e lamen.

vinho-tinto-profugos-malbec-harmonizacao-comida-japonesa-vinho

Vinho Tinto Zorzal Prófugos Malbec: um vinho com mais estrutura, mas muito caráter mineral, se equilibra perfeitamente bem com pratos quentes da culinária japonesa


Por Marina Leal

Esta matéria fala sobre: Carne bovina Cogumelos Peixe e frutos do mar

Matérias relacionadas:

Receita: Shoyu Lamen pelo chef Nobu Ozaki

Continue lendo

Receita: Temaki de salmão com cream cheese da chef Carla Pernambuco

Continue lendo

Vinho rosé: a substituição ideal da cerveja em uma mesa de bar

Continue lendo