3 receita diferentes para experimentar nesse verão, por Bru Calderon

Publicado em 22/01/2018

Não é só de porção de peixe frito que vivem os quiosques de praia. As receitas tradicionais têm dado lugar a um novo tipo de culinária, que mistura influências regionais com ingredientes e temperos orientais e asiáticos. O resultado é um cardápio extrovertido que harmonizado com um bom vinho merece ser reproduzido em qualquer canto do país neste verão.

Por Bru Calderon

Poke Bowl

Uma nova onda promete inundar o verão brasileiro de refrescância e sabor. O poke é um prato havaiano que surgiu como uma opção rápida e nutritiva como refeição após o surf. A palavra significa “cortar” e a ideia é exatamente a de servir todos os ingredientes cortados dentro de um bowl. Aprenda a fazer.

Harmonização: um vinho rosé como o francês Berne Esprit di Méditerranée. Esse rose cheio de frescor possui aromas frutados bem generosos e sedutores de framboesa, morangos e amoras. As notas são perfeitas para o verão com a presença de uma acidez equilibrada, um final longo e aromas e sabores frutados que garantem uma combinação harmoniosa com pratos orientais e asiáticos.

Escondidinho de bacalhau na moranga

A moranga é um dos tipos de abóboras mais consumidas no Brasil. Com coloração bem alaranjada, gomos salientes e casca macia, é a mais indicada para fazer um delicioso escondidinho que nesta receita ganha o toque salgado do mar com o uso do bacalhau como recheio. Acesse a receita completa.

Harmonização: um vinho branco como o californiano Round Hill Chardonnay. Com uma cor dourada marcante, esse vinho californiano possui aromas de maça e toques de baunilha e canela. Estão presentes também notas de pera madura, limão e caramelo. As notas de frutas cítricas e brancas garantem uma acidez média e uma textura macia, harmonizando muito bem com o bacalhau dessa receita.

Camarão com curry servido no abacaxi

Típico na culinária asiática, o curry é uma mistura de especiarias feita de açafrão da terra, cardamomo, gengibre, cominho, pimenta, cravo, canela e noz moscada.  Em cada região do mundo é preparado com ingredientes locais diferentes e nessa receita ganha notas tropicais de influencias tailandesas com o uso do abacaxi para compor o prato. Veja a receita completa.

Harmonização: um vinho branco como o Briglia Il Doce Gavi. A começar pela incrível garrafa, esse vinho branco é especial do começo ao fim. Conhecido por ser ter sido servido em reuniões do Vaticano, possui uma cor amarelo palha, brilhante e límpido.

Aromas florais e frutados dão um toque refrescante junto com as notas cítricas de limão siciliano, lima da pérsia e tangerina. Frutas brancas com notas amendoadas e florais também compõem esse vinho fresco com acidez acentuada que combina muito bem com pratos da culinária mediterrânea e também os que levam frutos do mar como o camarão.

 

Advogada por formação, Bruna Calderon sempre gostou de cozinhar – e hoje se dedica a experimentar novas receitas, recriar pratos tradicionais e experimentar novos restaurantes em seu blog Bru Calderon. Aqui, assina a coluna sobre harmonização de vinhos da Grand Cru com as suas receitas autorais.

Esta matéria fala sobre: Peixe e frutos do mar

Matérias relacionadas:

Receita: Temaki de salmão com cream cheese da chef Carla Pernambuco

Continue lendo

Receita: Salada Grega, da chef Rita Lobo

Continue lendo

Receita: Atum selado com crosta de gergelim

Continue lendo