Receita: Brasato al Barolo, típico prato do Piemonte

Publicado em 29/03/2018

Receita adaptada do livro Trattoria, de Patricia Wells, por Solange Souza, do Mesa Completa.

Para preparar esse prato, típico do Piemonte, você pode escolher um vinho tinto que tenha bom corpo como um Nebbiolo (de preferência) ou um Tannat do Uruguai. Outro ponto que caracteriza essa receita é o uso de especiarias na marinada e o cozimento lento, para que a carne fique bem suculenta. Como acompanhamento, você pode fazer uma massa na manteiga ou uma polenta e regar com o próprio molho da carne. É um prato substancioso, ideal para os dias mais frios.

Ingredientes

  • 1 peça de lagarto de cerca de 1 kg
  • 1 garrafa de vinho tinto
  • 60 ml de conhaque
  • 6 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 2 cenouras em rodelas
  • 2 folhas de louro frescas
  • 3 talos de salsão picados
  • 1 ramo de alecrim fresco
  • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino em grãos
  • 1/2 pau de canela
  • 4 cravos-da-índia
  • 2 cebolas médias descascadas e cortadas ao meio
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

Numa panela pesada e com tampa, com capacidade para 3 litros, coloque o lagarto, o vinho, o conhaque, metade do azeite, a cenoura, o louro, o salsão, o alecrim, os grãos de pimenta amassados e a canela. Espete um cravo-da-índia em cada metade de cebola e junte aos demais ingredientes. Tampe a panela e deixe na geladeira de um dia para o outro.

Duas horas antes de cozinhar a carne, retire a panela da geladeira (desde que a temperatura ambiente esteja fresca). Retire a carne da marinada e seque-a com toalha de papel; despeje o marinada em outro recipiente.

Coloque o azeite restante na panela, deixa aquecer e junte a carne, dourando de todos os lados (use uma pinça grande para virar a carne). Tempere a carne generosamente com sal e pimenta-do-reino moída na hora. Junte a marinada na panela (por ser muito predominante, elimine a canela), espere ferver, reduza bem o fogo e deixe cozinhar com a panela tampada por cerca de 3 horas. Vire a carne de vez em quando e preste atenção para que o líquido não evapore muito, para ser usado como molho.

No momento de servir, coloque a carne sobre uma tábua e corte-a em fatias grossas. Acompanhe com uma massa na manteiga ou com polenta, regando com o molho. Para preparar o molho, elimine as partes sólidas e deixe reduzir um pouco em uma panela.

Harmonização: um Barolo vai valorizar ainda mais o lado de especiarias desse prato. Outras opções são um Barbera ou um Nebbiolo, todos do Piemonte.

 

Esta matéria fala sobre: Carne bovina

Matérias relacionadas:

Conheça os cinco B’s da Itália: Barolo, Barbaresco, Barbera, Brunello e Bolgheri

Continue lendo

Como degustar um vinho – parte I, por Daniella Romano

Continue lendo

Dante Robino, uma premiada vinícola de raízes italianas em solo argentino

Continue lendo