Dante Robino, uma premiada vinícola de raízes italianas em solo argentino

Publicado em 03/10/2016

A Dante Robino é conhecida por ser uma vinícola argentina com espírito italiano. Com quase 200 anos de tradição, foi uma das primeiras a cultivar a uva Malbec no país e, portanto, a história desta casta na Argentina tem episódios importantes que passam pela adega. Conhecida tanto por seus vinhos tranquilos quanto pelos com borbulhas, a Bodega Dante Robino é o principal  produtor de espumantes argentinos.

Como Dante Robino começou

Nascido em uma comunidade de vinicultores do Piemonte, no noroeste da Itália, Dante Robino mudou a história da sua família ao se mudar para a Argentina, em 1920. Chegando em Mendoza, o italiano logo começou a estruturar uma vinícola que levaria seu nome, e onde ele escolheu cultivar as mudas de Malbec e Bonarda que trouxe consigo na bagagem.

Foi a partir de 1982, no entanto, que a tradicional vinícola deu um passo rumo à modernidade com a chegada da família Squassini ao comando do empreendimento. Somando às técnicas tradicionais piemontesas de Dante com equipamentos de tecnologia de ponta, a nova gerência iniciou então a produção de seus vinhos espumantes, que rapidamente teriam sua qualidade reconhecida pelos cinco continentes do mundo.

Conheça o terroir da vinícola Dante Robino

A vinícola trabalha com vinhas plantadas na década de 1990, ou seja, com aproximadamente 20 anos. A idade da vinha é muito importante, uma vez que determina o quanto as raízes estão profundamente embrenhadas na terra. Uma vinha nova (de até quatro anos) ainda está desenvolvendo as suas raízes, o que significa que sua maior fonte de água ainda é a chuva.

Já uma vinha velha possui raízes bastantes arraigadas e, dessa forma, consegue alcançar água em níveis mais profundos do solo.

A vinícola possui dois vinhedos, um em Lujan de Cuyo e outro em Tupungato. Ambas as áreas tem uma temperatura média bastante favorável para a viticultura. O vinhedo de Tupungato encontra-se a 1.100 metros de altitude, enquanto o de Lujan de Cuyo está a 980 metros. ambos com excelente exposição solar.

dante-robino-vinicola-barril

Barris da vinícola Dante Robino

Dante Robino, uma vinícola de portas abertas

A vinícola que fica próxima à cidade de Perdriel, em Lujan de Cuyo, investiu recentemente na tecnologia de sua produção vitivinícola, como uma linha de seleção manual para que sejam escolhidas apenas uvas perfeitas, tanques pequenos de aço inox e uma sala de barris novos aquecida, além de construir um espaço especial para receber visitantes e turistas.

A proposta de visitação na vinícola procura ir para além do convencional, e permite, inclusive, que os turistas experimentem uma taça de vinho espumante diretamente do tanque de fermentação.  Na sala de degustação também é possível degustar os rótulos Novecento, Dante e Dano Robino Grande.

O casarão sede da Dante Robino mantém até hoje a arquitetura do início do século XX, e foi restaurada de forma que continue fiel à construção idealizada pelo fundador da vinícola: aconchegante e com vista maravilhosa para a Cordilheira dos Andes.

dante-robino-vinicola-andes

Vista para os Andes da vinícola Dante Robino.

Conheça todas as linhas de vinho da vinícola Dante Robino

Linha Gran Dante

A linha ícone da vinícola conta com dois vinhos tranquilos, varietais das uvas Malbec e Bonarda, e um vinho espumante 50% Pinot Noir e 50% Chardonnay.

ardro0101a13-vinho-tinto-dante-robino-gran-dante-malbec-2013-750-ml

Vinho Tinto Gran Dante Malbec 2013 750 mL

ardro0207a13-vinho-tinto-dante-robino-gran-dante-bonarda-2013-750-ml

Vinho Tinto Gran Dante Bonarda 2013 750 mL

Linha Dante Robino Reserva

Uma linha especial com apenas um rótulo da uva Malbec. A colheita das uvas para este vinho é manual, de vinhas cultivadas para baixo rendimento. Isso significa que as vinhas produzem menos uvas, mas as frutas possuem qualidade superior. As vinhas utilizadas nesta linha são mais antigas: foram plantadas na década de 1960.

Linha Dante Robino

Uma das linhas mais completas da vinícola, possui vinhos varietais que expressem o verdadeiro terroir da região. Os vinhos são produzidos das uvas Malbec, Bonarda, Syrah, Cabernet Sauvignon, Chardonnay e Torrontés. Todos com passagem por barril de carvalho americano durante seis meses.

ardro0201a14-vinho-tinto-dante-robino-malbec-2014-750-ml

Vinho Tinto Dante Robino Malbec 2014 750 mL

ardro0107a13-vinho-tinto-dante-robino-bonarda-2013-750-ml

Vinho Tinto Dante Robino Bonarda 2013 750 mL

ardro0150a15-vinho-branco-dante-robino-chardonnay-2015-750-ml

Vinho Branco Dante Robino Chardonnay 2015 750 mL

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Como a Malbec se tornou a uva mais importante da Argentina

Continue lendo

Roteiro de viagem e Dicas de Enoturismo: 3 dias em Mendoza

Continue lendo

A história do vinho na Argentina

Continue lendo