A vinícola Morandé e seus vinhos premium

Publicado em 26/03/2014

A missão de elaborar vinhos premium, com o compromisso de alcançar a máxima qualidade extraída das condições naturais de cada terroir.

Viña Morandé foi fundada em 1996 com um conceito inovador para o Chile, que buscou novas regiões para produzir vinhos de alta qualidade. Pablo Morandé, um homem visionário, fundou a bodega e desenvolveu o Valle de Casablanca – a primeira região de clima frio e hoje produtora dos melhores brancos do Chile.

Para isso, a Viña Morandé aperfeiçoou novas tecnologias, novos processos de produção e uma seleção rigorosa de terroirs que incluem variedades e clones de uvas, a condução dos vinhedos, sistemas de irrigação avançados, manejo orgânico em alguns setores e sistemas de monitoramento de crescimento, maturidade e desenvolvimento dos frutos até a colheita.

Atualmente a bodega possui uma distribuição a nível mundial pelo Grupo Belen, que tem o direito de negociação de todos os vinhos. Isso permite estar presente em mais de 45 países nos 5 continentes.

Pablo Morandé é um dos enólogos mais importantes para a vitivinicultura do Chile. Um verdadeiro apaixonado pela vitivinicultura e acima de tudo dedicado. Paixão e dedicação resultam em grandes vinhos, que são reflexos das condições naturais de cada terroir.

Os vinhedos da Morandé

A Viña Morandé possui vinhedos no Valle de Casablanca, com 218 ha, Valle de Maipo com 213 ha, Valle de Rapel com 128 ha, Curicó com 127 ha e Maule com 45 ha.

A incansável busca por identidade é um dos objetivos para produzir vinhos que possuam as características de cada casta, potencializados por cada terroir e condições climáticas de cada ano.

Os resultados são um reflexo da gestão dos processos de produção, realizada com sensibilidade para respeitar a singularidade de cada variedade. Constantemente a bodega desenvolve novas técnicas, como o uso criterioso da água na irrigação, vinhas administradas com métodos orgânicos, boas práticas agrícolas e uma profunda responsabilidade social.

vinho-morande

Conheça as principais linhas de vinhos da Morandé

Linha Pionero

Vinhos mais leves e frescos, verdadeiro reflexo do potencial e característica de cada casta, como Sauvignon Blanc, Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Merlot, Carménère, Syrah e Cabernet Sauvignon.

Linha Reserva

São vinhos jovens modernos e equilibrados, resultado de um cuidadoso manejo e seleção dos vinhedos. Os vinhos tintos são provenientes do Valle de Maipo e passam em barricas de carvalho francês e americano por cerca de 10 meses. Já os vinhos brancos e o tinto de Pinot Noir vêm do Valle de Casablanca e passam em carvalho francês e americano por 8 meses para manter mais ainda o frescor a as características de cada variedade.

Linha Gran Reserva

Vinhos com elegância, estrutura e complexidade, características dos chamados vinhos de terroir. São balanceados entre o frescor da fruta e a sutileza da madeira ao serem guardados em “fouders” de roble francês de 2.000 e 4.000 litros e em barricas francesas de 225 litros. Castas: Chardonnay, Pinot Noir, Carménère, Syrah, Merlot e Cabernet Sauvignon.

Edición Limitada

Vinhos únicos de grande caráter e elegância, produzidos em pequenas quantidades e que prezam as condições naturais de cada parcela de solo. Os vinhos passam em barricas de carvalho francês por 16 meses: Edición Limitada Sauvignon Blanc, Edición Limitada Syrah/Cabernet e Edición Limitada Carignan.

A Viña Morandé ainda produz duas grandes especialidades:

Vigno

Vinho com G de Carignan, um conceito coletivo de Apelações para o seco do interior do Maule, que resgata a herança de suas vinhas velhas e tradições. As vinhas tem idade acima de 60 anos e passam em barricas novas americanas por 26 meses. Um vinho de grande vigor, grande expressão de fruta e excelente acidez.

House of Morandé

A máxima expressão em equilíbrio, elegância e estrutura. O vinho passa por 18 meses em barricas de carvalho francês. Harmonia completa entre taninos potentes e sedosos, acidez e álcool integrados, um grande vinho.

E os excelentes vinhos de sobremesa: Morandé Late Harvest e Morandé Golden Harvest.

Por Moisés Larceda,
Sommelier Grand Cru

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Especial Mês das Mulheres: Entrevista com Daniela Salinas, enóloga da Morandé Adventure

Continue lendo

Os principais países produtores de vinho do Novo Mundo: Argentina, Chile e Uruguai

Continue lendo

Receita: Ceviche ao estilo chileno

Continue lendo