A vinícola Zorzal e os irmãos Michelini

Publicado em 10/10/2016

Fundada pelos irmãos Michelini, a vinícola Zorzal é uma das vinícolas mais reconhecidas pela imprensa especializada em vitivinicultura. Com apenas três anos de história, um dos rótulos da Zorzal já conquistou o prêmio de Melhor Malbec pelo Argentina Wines Awards 2010, o concurso mais importante para os vinhos argentinos.

A Zorzal é uma vinícola que pertence aos famosos enólogos irmãos Michelini, fundada em 2008 pelos mesmos. Os vinhos da vinícola, que são comercializados pelo canadense Grupo Belen, são renomados por serem finos e elegantes, e expressam o terroir argentino da melhor forma possível. A bodega trabalha com tecnologia de ponta desde a fermentação até o envelhecimento do vinho.

Conheça os Michelini, enólogos da vinícola Zorzal

Matias Michelini, o assessor enológico da Zorzal

Considerado pelo mercado internacional do vinho como um dos melhores enólogos do Novo Mundo, Matias iniciou a carreira limpando tanques de fermentação em uma bodega argentina aos dezessete anos. Depois disso, foi estudar no Colégio Don Bosco, ainda na Argentina, uma das mais importantes escolas de enologia de Mendoza.

A carreira de Matias Michelini é longa e inclui passagens em grandes vinícolas da Argentina, como Doña Paula e Luigi Bosca. Além disso, o enólogo atua como consultor da Finca Sophenia, da Bodegas del Tupún e da Bodega Familia Reina.

Em 2002, o atual assessor enológico conheceu Roberto Luka, principal acionista de um novo projeto em Gualtallary, a vinícola Finca Sophenia. Encantado com o paraíso em que a vinícola se localiza, Matías e a família se mudaram para a região, onde trabalharam por muitos anos antes de montar a vinícola Zorzal.

Juan Pablo Michelini, o diretor enológico da Viña Zorzal

Também graduado como enólogo no Colégio Don Bosco, Juan Pablo iniciou a sua carreira no mundo do vinho ao trabalhar na bodega St. Francis Winery em Sonoma, na Califórnia. Posteriormente, adquiriu experiência com vinhos de altíssima gama na bodega argentina Doña Paula e em Pomerol, na França.

Durante os dois anos que passou em Cafayate, a região vitivinícola mais alta do país há aproximadamente 1683 metros acima do nível do mar, o enólogo estudou as mais diversas técnicas para a produção de vinhos de altitude para, mais tarde, aplicá-las na Zorzal.

Os irmão Michelini.

Conheça o terroir onde a Zorzal está estabelecida

Gaultallary é uma pequena região localizada a apenas 30 quilômetros de distância da Cordilheira dos Andes, no Vale do Uco, em Mendoza. Os vinhedos da Zorzal ficam aos pés do vulcão Tupungato, a aproximadamente 1.350 metros de altitude em relação ao mar, um dos picos vitivinícolas mais altos da Argentina. Isso significa que o amadurecimento das uvas é mais lento, já que a altitude desacelera a transformação dos ácidos em açúcar. Não à toa, a localização é ideal para castas de ciclo médio ou curto, como a Malbec, a Merlot, a Pinot Noir e a Sauvignon Blanc.

O solo de Gualtallary é predominantemente de calcário, pedregoso e rochoso. A região tem temperaturas baixas e recebe fortes influências da Cordilheira dos Andes. O clima da região é extremamente favorável para o cultivo de uvas de alta qualidade, consequência da característica quase desértica provocada pela proximidade com os Andes. Quanto mais árido o clima, mais as videiras se esforçam para produzir uvas que garantam a reprodução da espécie, resultando em frutas com melhor qualidade.

A forma com que o terroir se expressa nos vinhos da Zorzal é consequência da enologia respeitosa praticada pelos irmãos Michelini, que tenta não invadir e desmatar a flora natural dos vinhedos. Combinando o clima fresco da região com os cuidados dos Michelini, os vinhos de Zorzal se apresentam com grande estrutura e interessante acidez.

Solo de Gualtallary

Solo de Gualtallary

Os irmãos Michelini possuem uma visão muito particular sobre o processo de vinificação e os vinhos naturais são o ponto alto de sua vinícola!

Em termos de legislação, é difícil definir exatamente o que é um vinho natural, tendo em vista que a Associação Francesa de Vinhos Naturais (AVN), a maior organização que discute o assunto do mundo, não delimita exigências específicas. Mesmo assim, podemos definir que vinho natural é aquele cuja produção envolve a menor interferência do ser humano possível. Por exemplo, a utilização de determinados componentes químicos para diminuir a oxidação do vinho dentro da garrafa é sempre necessária, mas nos vinhos naturais as quantidades menores utilizadas são menores do que as usuais. Assim como a utilização de agrotóxicos durante o cultivo da vinha pode ser menor ou nula (os agrotóxicos são proibidos no caso da produção de uvas orgânicas).

Outro aspecto importante para os enólogos da Zorzal é a utilização de ovos de concreto para envelhecimento dos seus vinhos. Este tipo de envelhecimento consiste no armazenamento dos vinhos em estruturas de concreto com formato oval, em vez de em de barris de madeira. A utilização dos ovos de concreto permite constante movimentação do vinho durante a fermentação e/ou envelhecimento, amaciando e suavizando os seus taninos e oxigenando a bebida. Como consequência, temos um vinho com um excelente caráter tanto da fruta quanto do terroir.

Conheça as linhas da vinícola Zorzal

Terroir Unico

Uma linha que tem como objetivo mostrar a expressão do terroir de Zorzal, de forma honesta e com a tipicidade mineral da região. Inclusive, dos vinhos dessa linha não envelhecem em madeira. A uvas utilizadas para a produção dos rótulos da Zorzal Terroir Unico são a Malbec (varietal e rosé), a Cabernet Sauignon, a Sauvignon Blanc, a Chardonnay, Torrontés e a Pinot Noir.

Conheça todos os produtos da linha Terroir Unico aqui.

Vinho Tinto Zorzal Terroir Único Malbec 2014 750 mL

Vinho Tinto Zorzal Terroir Único Malbec 2014 750 mL

Gran Terroir

Com passagem por madeira, os vinhos da linha Gran Terroir possuem mais complexidade aromática e estrutura. Podem ser encontradas garrafas das uvas Pinot Noir, Malbec e Cabernet Sauvignon.

Vinho Tinto Zorzal Gran Terroir Pinot Noir 2014 750 mL

Vinho Tinto Zorzal Gran Terroir Pinot Noir 2014 750 mL

Eggo

Vinificados em ovos de cimento, os vinhos Zorzal Eggo são o resultado dos anos de estudo de Juan Pablo Michelini, como os rótulos Tinto de Tiza, Filoso Pinot e Blanc de Cal.

Vinho Tinto Zorzal Eggo Cabernet Franc Franco 2015 750 mL

Vinho Tinto Zorzal Eggo Cabernet Franc Franco 2015 750 mL

Filed Blend

Com o corte de 70% de Cabernet Sauvignon e 30% de Malbec, o blend dá origem a um vinho único, complexo e distinto.

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Como a Malbec se tornou a uva mais importante da Argentina

Continue lendo

Roteiro de viagem e Dicas de Enoturismo: 3 dias em Mendoza

Continue lendo

Conheça as principais uvas cultivadas na Argentina

Continue lendo