Conheça as principais uvas cultivadas na Argentina

Publicado em 12/05/2016

A Malbec você já conhece. Mas será que já ouviu falar nas uvas Bonarda ou Torrontés? Saiba Tudo Sobre Vinhos argentinos com a Grand Cru!

Uvas argentinas Tintas

A variedade de cores e tipos de uvas da Argentina é notável perto do Chile. Entre as principais uvas tintas cultivadas encontramos, da maior para a menor área plantada, Cabernet Sauvignon, Syrah, Merlot, Trempanillo, Sangiovese e Pinot Noir e Barbera, além da Bonarda, que perde apenas para a Malbec em importância no país.

Bonarda

Quantas vezes já ouviu falar na Bonarda ou se deparou com um rótulo que estampasse esse nome numa prateleira de mercado? Não nos surpreenderia ouvir “nenhuma” como resposta. Porém, ela é a segunda uva tinta mais cultivada de toda a Argentina. Cheia de frutas vermelhas e negras, origina vinhos frescos, vibrantes e de boa relação custo-benefício. Fazem um belo par com carnes assadas ou grelhadas. A acidez é suficiente para molhos vermelhos também.

Uma excelente sugestão para experimentar a uva bonarda é um vinho tinto de uma das mais importantes vinícolas argentinas, o Vinho Tinto Dante Robino Bonarda.

Vinho Tinto Dante Robino Bonarda 2013

Vinho Tinto Dante Robino Bonarda 2013

Syrah

Desde que começou a ser implantada na Argentina, a Syrah foi muito utilizada em cortes, entretanto, foi na última década que passou a ganhar maior atenção dos produtores. Melhor se adaptou a San Juan, mais especificamente no Vale de Tulum, onde recebe forte incidência solar. No entanto, é no frio de Mendoza, no Vale do Uco, que a africana desenvolve mais estrutura. Os Syrahs argentinos são marcados por frutas escuras e especiarias doces (como cravo e canela) que pedem por pratos apimentados e com especiarias, como um filet au poivre que proporcionará uma harmonização por contraste ou um tender com cravo e abacaxi, para uma harmonização por similaridade.

A Escohiruela Gascón conseguiu uma expressão fantástica da casta no Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Syrah, com aromas de  ameixas frescas, cerejas maduras, framboesas, caramelo, chocolate em pó e baunilha.

Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Syrah 2015

Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Syrah 2016

Cabernet Sauvignon

A rainha das uvas tintas encontra também o seu lugar na Argentina. Com destaque para a região de Mendonza, a Cabernet Sauvignon encontra boa altitude, solo rochoso e bastante sol. Além disso, é colhida um pouco mais tarde, garantindo um sabor maduro aos vinhos. Eles são aromáticos, estruturados e com toques de frutas e especiarias. Se pensou em carnes assadas, molhos vermelhos ou falafel, pode ir em frente com uma taça de Cabernet argentino em mãos que será sucesso.

O Vinho Tinto Cobos Felino Cabernet Sauvignon é um clássico Cabernet argentino, com na boca, com amoras, cassis e pimenta vermelha.

Vinho Tinto Cobos Felino Cabernet Sauvignon 2014 750 mL

Pinot Noir

Conhecida pelos tintos mais sensuais de todos, a Pinot Noir também representa o que tem de melhor na Argentina. Delicada, precisa de um clima frio para amadurecer na medida exata, e foi em Mendoza e Neuquén, na Patagônia, que encontrou isso. A Pinot na Argentina  gera vinhos leves, frescos e frutados, com acidez mais alta que outros tintos argentinos e mais baixa do que Pinots franceses, por exemplo. Para harmonizá-lo, aposte em risoto funghi ou pizza margherita.

O vinho tinto Zorzal Gran Terroir Pinot Noir foi bastante premiado. Considerada pelo Guia Descorchados como uma safra excepcional, esse rótulo ainda ganhou 93 pontos Robert Parker.

Vinho Tinto Zorzal Grand Terroir Pinot Noir 2013 750 mL

Tempranillo

Ela não é uma das protagonistas do país, mas tem importância histórica inegável. Foi uma das primeiras cepas a chegar à Argentina, com os colonizadores espanhóis. Quando jovens e frescos, seus vinhos transbordam frutas silvestres, principalmente framboesas e amoras. Muitas vezes, é vinificada no estilo de seu país de origem, a Espanha, e passa por repouso em barrica, quando ganha, além de mais estrutura, notas de alcaçuz e torra. É o vinho ideal para embutidos ou pratos com batatas, como tortilha.

Experimente uma expressão argentina da casta espanhola com o Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Tempranillo, um vinho intenso e fácil de agradar.

 Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Tempranillo 2015 750 mL


Vinho Tinto Escorihuela Familia Gascón Tempranillo 2015 750 mL

 

Fonte: winefolly.com

Uvas argentinas Brancas

A Torronés é a mais importante uva branca cultivada na Argentina, enquanto a Viognier , embora ainda pouco conhecida, é a mais aromática das variedades de casca clara que crescem no país. Entenda a diferença entre essas duas uvas e veja nossas indicações para quem quer experimentá-las:

Torrontés

Torrontés de Cafayate, sub-região de Salta. A Torrontés é, de longe, a variedade branca mais importante da região, e também uma das mais cultivadas da Argentina. Seus vinhos têm inconfundíveis aromas florais e frutados, além de corpo médio, alta graduação alcoólica e acidez média. Ou seja, ótimos para harmonizar saladas substanciosas, que levem frango ou peito de peru, ou risoto de queijos.

Nunca provou um vinho de sobremesa argentino e não quer errar na hora da escolha? Aposte no Vinho de Sobremesa Laborum Torrontés Late Harvest safra 2013.

Vinho de Sobremesa Laborum Torrontés Late Harvest 2013 500 mL

Viognier

Extremamente aromática e elegante, a Viognier é recente na Argentina. Entretanto, já tem feito muitos produtores abrirem os olhos (justamente para ela!). Podem ser encontrados vinhos frescos, para consumo imediato, com notas florais, de frutas tropicais e caramelo; além dos envelhecidos em carvalho, que ganham toques amendoados muito característicos. Peixes brancos mais gordos, como filé de saint peter, podem ser um ótimo acompanhamento. Se preferir, filé de frango ou saladas com molhos brancos também são boas sugestões.

Uma boa opção para quem quer provar essa casta é o Vinho Branco Escorihuela Gascon Viognier 2015 é perfeito para acompanhar saladas com queijo brie e damascos, salmão grelhado ao molho de maracujá e torta de damascos.

Vinho Branco Escorihuela Gascon Viognier 2015

Vinho Branco Escorihuela Gascon Viognier 2015

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

A história do vinho na Argentina

Continue lendo

Os principais países produtores de vinho do Novo Mundo: Argentina, Chile e Uruguai

Continue lendo

9 Malbecs com ótimo custo-benefício para todas as ocasiões

Continue lendo