Uma taça para cada vinho: conheça os diferentes tipos de taça

Publicado em 28/04/2015

Taça Bordeaux, Borgonha, flûte… Entenda o segredo por trás dos diferentes modelos de taça – e os vinhos que deve servir em cada uma delas!

Pode até parecer bobeira ou frescura, mas o tipo de taça faz diferença na hora de degustar um vinho. O segredo? Os aromas! As taças são pensadas para captar o máximo de aromas do vinho e promover a evolução da bebida depois que é servida, além de projetá-la para uma parte específica da língua.

Taças com bojo maior, por exemplo, promovem maior contato do vinho com o oxigênio e, portanto, aceleram o processo de oxigenação, favorecendo os vinhos aromáticos. Ao mesmo tempo, essas taças não ajudam a manter a temperatura do vinho por muito tempo, então não são as mais indicadas para os vinhos brancos, que devem ser bebidos mais frescos.

Como escolher a taça certa para cada tipo de vinho? É o que vai aprender aqui!

Como escolher o tipo de taça ideal para o seu vinho

Conhecendo a estrutura da taça

Entender de taças implica, em primeiro lugar, saber os elementos que compõem o objeto. Comece a sua imersão no mundo das taças por aqui:

Bojo

Pode se referir ao copo ou à parte mais alargada, a borda da taça. De maneira geral, é onde se serve o vinho.

Haste

Parte alongada da taça, a que se utiliza para segurá-la. Entre o bojo e a base.

Base

Estrutura de sustentação da taça.

Os diferentes tipos de taças de vinho.

Os diferentes tipos de taças de vinho.

As taças para vinho tinto

Taça Bordeaux

Com bojo grande e borda mais fechada, a taça Bordeaux é perfeita para a degustação de vinhos tintos encorpados e com muitos taninos, como Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah (por essa razão foi batizada com o nome da imponente região francesa, famosa pelos tintos encorpados e tânicos). Seu bojo grande favorece a evolução dos aromas, que ficam concentrados por causa da borda mais fechada. Outro detalhe também é importante: a aba da taças deve ser fina, para impulsionar a bebida para a ponta da língua, aumentando a percepção dos sabores frutados e do corpo do vinho.

Taça Salute Crystal Bordeaux

Taça Borgonha

Conhecida por ter formato de “balão”, a taça Borgonha é projetada para os vinhos conhecidos como os mais complexos do mundo, os Pinots da Borgonha. O bojo, maior do que o da taça Bordeaux, permite maior contato com o ar, abrindo até os segredos mais profundos do vinho à taça. Em vez de projetar o vinho para a ponta da língua, a aba mais espessa da taças tem a intenção de levar a bebida acima do meio da língua, minimizando a percepção da acidez e demonstrando mais o aspecto de maturidade do vinho.

Taça Riedel Vinum XL Pinot Noir Caixa Especial

Taça Riedel Vinum XL Pinot Noir Caixa Especial

As taças para vinho branco

Taça branco padrão

Basicamente, a taça para vinhos brancos é pensada para manter a temperatura do vinho mais baixa possível. Este resultado é obtido com duas mudanças na estrutura da taça padrão para vinhos tintos: diminuição do bojo e aumento da haste. Com menor bojo, a bebida tem menos espaço para trocar calor com o ambiente, mantendo sua temperatura praticamente constante. A haste maior da taça, por sua vez, reduz o contato das mãos quentes com o bojo.

Taças para vinho espumante

Taça vintage

O nome “vintage” não é em vão. O termo faz referência ao estilo mais clássico de se beber espumantes. As taças vintage têm bojo baixo e muito largo, como a de filmes dos anos 1920. Ser vintage está na moda, mas uma coisa é verdade: apesar de bonitas, essas taças não ajudam na conservação do perlage do espumante, fazendo com que perca as borbulhas rapidamente.

Taça flûte

Do francês, “flûte” significa flauta. Isso porque o formato da taça realmente lembra o do instrumento musical. O formato é alongado e o bojo, fino. Tudo para manter a elegância do “perlage” de um espumante desde a hora de servir até o último gole. Por falar em gole, repare que a taça projeta o vinho para a parte final da língua, tática precisa para promover a limpeza do paladar.

Taça Salute Crystal Champagne

Taça para vinho de sobremesa

Taça Vinho do Porto

Seu bojo menor tem uma razão: se consome em menor quantidade os vinhos de sobremesa e fortificados em comparação aos vinhos secos. É mais estreita na parte superior para concentrar os aromas e para entregar a bebida à ponta da língua, região para a percepção dos sabores doces.

Taça Riedel Bar Spirits

Taça Riedel Bar Spirits

Taça para degustação técnica

Taça ISO

A taça ISO funciona como uma espécie de coringa, servindo para todos os tipos de vinho. Foi projetada pela – e, inclusive, batizada com o nome da – entidade Organização de Padrões Internacionais (International Standards Organization, em inglês). A taça tem bojo maior, num formato que contempla o equilíbrio entre alongado, arredondado e fechado na parte de cima, fazendo com que seja especialmente boa para a percepção de aromas. Apesar disso, é a taça mais utilizada para degustações técnicas.

Como lavar suas taças de vinho corretamente?

Agora, de nada adianta escolher a melhor taça para degustar o seu vinho preferido se elas não forem lavadas corretamente. Na nossa matéria especial sobre o assunto, ensinamos o passo a passo de com lavar, higienizar e dar brilho às suas taças de vinho e decantores.

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Aprenda a lavar corretamente suas taças e decantadores de vinho!

Continue lendo

O serviço completo do vinho: como guardar, como decantar e como servir

Continue lendo

10 acessórios para vinhos que você precisa ter em casa

Continue lendo