2 dicas para resfriar o vinho rapidamente

Publicado em 06/05/2015

Não deu tempo de se programar e colocar o vinho para gelar antes da hora? Não se preocupe. O Sommelier Grand Cru ensina um macete para resfriá-lo a tempo do seu brinde!

1) Baldinho com gelo e água

Eis o método mais eficiente para se resfriar um vinho. E é bastante simples: basta um balde, gelo e um pouco de água. Por balde, subentende-se qualquer pote que acomode bem uma garrafa de vinho (ou quantas forem necessárias!) – valendo de copo de liquidificador até pia, tanque e banheira.

Coloque o vinho na vertical dentro do recipiente, cubra-o de gelo e, em seguida, coloque um pouco de água. Para que o processo fique ainda mais rápido e efetivo, coloque de álcool e de sal grosso na água, misturando antes de despejar no balde. Lembre-se de virar o vinho dos dois lados na metade do tempo indicado.

Tempo para resfriar: 10 minutos para os brancos e espumantes e 2 minutos para os tintos.

2) No refrigerador

Pode não ser o método mais seguro, mas é o “freezer” é um bom lugar para ajudar a gelar um vinho (ainda mais quando você não tem gelo pronto!). Só é necessário cuidado e atenção redobrada para não deixar a bebida congelar – afinal, a garrafa vai estourar antes que isso aconteça, fazendo com que você perca o vinho e ainda ganhe um refrigerador sujo para limpar.

Tempo para resfriar: 20 minutos para os brancos tranquilos, 10 para espumantes (colocar por mais 15 na geladeira) e 5 minutos para os tintos tranquilos.

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

"Cooling things" (ou a temperatura de serviço ideal), por Daniella Romano

Continue lendo

O serviço completo do vinho: como guardar, como decantar e como servir

Continue lendo

Que vinhos levar para uma tarde na praia ou à beira da piscina?

Continue lendo