Chocolate e vinho: aprenda a combinar!

Publicado em 17/04/2017

Os chocolates são considerados um verdadeiro desafio de harmonização para os sommeliers. O motivo é que suas três principais características gustativas pedem combinações cuidadosas: sabores intensos, presença de gordura e açúcar.

Assim como na harmonização de sobremesas, o chocolate não pode ser mais doce do que o vinho. Caso contrário, ao beber um gole da taça você achará o vinho seco com um sabor extremamente amargo! Para que isso não aconteça, a anote a primeira regra: quanto mais açúcar o chocolate tiver, mais doce deve ser o vinho para acompanhá-lo.

Para não errar, nosso time de sommeliers contou como escolher o vinho certo para cada tipo de chocolate. Escolha o seu preferido e organize uma deliciosa noite de vinhos!

1. Chocolate ao leite

O chocolate ao leite costuma ser o tipo mais doce entre os chocolates escuros. Para harmonizar, é preciso um vinho doce, como o Vinho do Porto. Dois tipos de Porto podem acompanhar bem o chocolate ao leite delicado e cremoso: o Ruby, que possui notas de chocolate e de frutas vermelhas, e o Tawny, que possui notas de castanhas. Se o chocolate que você escolheu possui castanhas e não é tão adocicado, o vinho do Porto Tawny é a escolha certa.

Além do vinho do Porto, você pode escolher um outro vinho de sobremesa, como um Colheita Tardia (Late Harvest) ou um Sauterners. Aqui você conhece todos os tipos de vinhos de sobremesa.

Harmoniza com: Vinho do Porto Churchill’s Ruby Reserva.

2. Chocolate meio amargo com castanhas ou amêndoas

Os chocolates meio amargos e amargos já podem ser harmonizados com vinhos que não sejam de sobremesa, como o do Porto. Os chocolates com mais de 50% de cacau, são considerados os meio amargos, enquanto os com no mínimo 70% de cacau, são considerados amargos. Os dois tipos possuem bem menos açúcar em sua composição, além de menos gordura também.

Embora mais amargos que os chocolates ao leite, os meio amargos ainda possuem notas de açúcar intensas. Para acompanhar, nossa indicação são os vinhos italianos Amarones que, com seu toque de doçura típico, harmonizam muitíssimo bem com chocolate meio amargo. Além disso, as notas de castanha do vinho pedem frutos secos no chocolate!

Harmoniza com: Soprasasso Amarone della Valpolicella DOCG 2012.

3. Chocolate amargo com frutas passas e especiarias

Os chocolates amargos são os que permitem mais ousadia nas combinações! Então, por que não fazer harmonizações que saem um pouco fora do comum, como um Syrah para acompanhar um chocolate especial? Aqui, as notas de especiarias do vinho harmonizam com os sabores picantes e aromáticos do chocolate com frutas passas.

Harmoniza com: Vinho Tinto Alceño Premium 50 Barricas Syrah 2012.

4. E o chocolate branco?!

Os chocolates brancos possuem ainda mais açúcar e gordura em sua composição do que os outros tipos citados. Além disso, costumam ter notas de leite e manteiga mais proeminentes do que os chocolates mais escuros, o que exige outros cuidados na hora de montar uma harmonização. Para acompanhar o chocolate branco, nossa indicação é um vinho branco doce feito da uva Moscatel.

Harmoniza com: Vinho Branco de Sobremesa Vistamar Late Harvest 2013.

5. E se você quiser provar um pouco de cada tipo de chocolate?

Aí vale a pena escolher um espumante, de preferência doce, ou Dulce, como são chamados, ou até mesmo os Demi-Sec, caso os chocolates escolhidos sejam meio amargos. Além de combinar com uma boa variedade de chocolates, os vinhos com borbulha ainda são capazes de limpar a boca dos chocolates mais doces.

Qual tipo de chocolate você mais gosta de harmonizar com vinho?

Esta matéria fala sobre: Sobremesa

Matérias relacionadas:

Guia de harmonização para uma noite de queijos e vinhos

Continue lendo

Vinhos de Sobremesa: a porta de entrada para o Mundo dos Vinhos

Continue lendo

Churchill Graham, uma história de Vinho do Porto e inovação

Continue lendo