5 restaurantes estrelados pelo Guia Michelin para visitar, por Paola Perroti

Publicado em 09/06/2017

Conheça 5 restaurantes de São Paulo agraciados com estrelas do Guia Michelin e que são a perfeita tradução da expressão “alta gastronomia brasileira”

Por Paola Perroti

No ano de 1900, cerca de 3 mil carros circulavam na França, era o início de uma era que mudaria nosso estilo de vida muito mais do que imaginávamos. Com o crescimento da produção e circulação de automóveis pelo país, os irmãos Michelin (sim, os da marca de pneus) perceberam a falta de um serviço que orientasse os desbravadores das estradas francesas e fornecesse dicas de postos de abastecimento, troca de pneus e lugares para comer e dormir.

Foi assim que surgiu o famoso Guia Michelin e sua trupe de “inspetores profissionais anônimos”. Não é engraçado pensar que a revolução industrial influenciou tanto o que hoje chamamos de alta gastronomia? Afinal de contas, as famigeradas estrelas Michelin são a maior referência de qualidade quando falamos em restaurantes.

Aliás, a tal estrela só surgiria em 1926, quando a publicação já não era mais distribuída gratuitamente (portanto, sem a influência da publicidade) e passou a indicar hotéis que também eram reconhecidos pela sua boa cozinha. Desde então, o guia acompanha os altos e baixos da gastronomia, a princípio europeia, e hoje mundial. Atualmente, são publicados 25 títulos em 24 países.

Há três anos, o Guia Michelin e suas cobiçadas estrelas desembarcaram em terras brasileiras, premiando restaurantes de São Paulo e do Rio de Janeiro. O timing tem a ver com o momento da nossa gastronomia que, graças ao trabalho de um punhado de chefs, alcançou um reconhecimento internacional que vai muito além da feijoada e da caipirinha.

Hoje, vou indicar cinco restaurantes de São Paulo que tem mais em comum do que somente uma ou duas estrelas. O que mais me chama a atenção é que, apesar dos estilos bem distintos de cozinha (japonesa, italiana, francesa…), todos eles prezam por utilizar insumos locais e sazonais, valorizando a qualidade e a diversidade de tudo aquilo que pode estar em nosso prato – e que muitas vezes nós, brasileiros, desconhecemos completamente.

Você pode escolher entre o Pirarucu com açaí e pimenta de cheiro do D.O.M, a Mandioca com tucupi do Esquina Mocotó, o Tartar de Carapau do Kosushi, a Maria Mole de Tapioca do Picchi ou o Buquê de Pancs (plantas comestíveis não convencionais) do TUJU, deixe sua fome decidir por você!

D.O.M – Duas estrelas Michelin

Não há dúvida de que o espírito inquieto do chef Alex Atala foi o que ajudou a colocar o Brasil no mapa da alta gastronomia. O D.O.M. é o único restaurante brasileiro com duas estrelas Michelin, não precisa dizer mais nada.

Rua Barão de Capanema, 549, Jardim Paulista – São Paulo. Tel.: (11) 3088-0761.

Taxa de rolha: R$ 100,00 | Preço: $$$$$

Esquina Mocotó – Uma estrela Michelin

As receitas tradicionais do nordeste, como o Baião de Dois, foram as que deram fama à casa de Rodrigo Oliveira. Hoje, o clássico ganhou ar mais contemporâneo, mas sem perder a identidade brasileiríssima.

Av. Nsa. Sra. do Loreto, 1.108, Vila Medeiros – São Paulo. Tel: (11) 2949-7049.

Taxa de rolha: R$20,00 | Preço: $$

Kosushi – Uma estrela Michelin

Um dos restaurantes japoneses mais tradicionais da cidade, jantar no Kosushi é um ritual que começa nas louças da artista Hideko Homna e termina na harmonia de sabores que o sushiman George Koshoji apresenta em sua seleção de sashimis.

Rua Viradouro, 139, Itaim Bibi – São Paulo. Tel.: (11) 3167-7272.

Taxa de rolha: A consultar | Preço: $$$

Picchi – Uma estrela Michelin

O chef Pier Paolo Picchi – novato no guia (ganhou sua estrela somente este ano) – tem como marca registrada uma combinação que é a identidade de muitos brasileiros, traz os clássicos italianos com um toque local em uma cozinha totalmente autoral.

End.: Rua Oscar Freire, 533, Cerqueira César – São Paulo. Tel.: (11) 3065-5560.

Taxa de rolha: R$ 60,00 | Preço: $$$$$

TUJU – Uma estrela Michelin

O TUJU consegue unir o urbano ao bucólico em seu restaurante cercado por uma horta de folhas, ervas e hortaliças. A cozinha contemporânea do chef Ivan Ralston não para de surpreender com sua originalidade. Uma excelente pedida também para quem busca boas opções vegetarianas.

End.: Rua Fradique Coutinho, 1248, Pinheiros – São Paulo. Tel.: (11) 2691-5548.

Taxa de rolha: R$ 45,00  | Preço: $$$

 

Entendendo as estrelas

 

TRÊS ESTRELAS

Uma cozinha excepcional. Vale a viagem!

 

DUAS ESTRELAS

Uma cozinha excelente. Vale o desvio!

 

UMA ESTRELA

Uma cozinha requintada. Vale conhecer!

 

Fonte: Guia Michelin São Paulo e Rio de Janeiro 2017

A jornalista Paola Perroti, repórter da Revista Gosto, se apaixonou pelo universo do vinho e da gastronomia e decidiu mergulhar a fundo na boa mesa. Com certificado da Wine & Spirits Education Trust (WSET) nível II, indica os seus restaurantes favoritos aqui.

Esta matéria fala sobre: Onde tomar uma taça

Matérias relacionadas:

Terra Mazzei: uma pequena viagem de prazer e cultura, por Didú Russo

Continue lendo

“First things first”, por Daniella Romano

Continue lendo

Os diferentes tipos de taça, por Daniel Perches

Continue lendo