Campanha: história e terroir de uma das mais antigas regiões vinícolas da Itália

Publicado em 04/06/2014

De longínqua história dentro do cenário vitivinícola italiano, a antiga colônia grega de Campanha atualmente produz os vinhos mais interessantes do sul da Itália.

Do antigo vinho Falernum aos notáveis Taurasi, da casta Aglianico – símbolo da Campanha – e Greco di Tufo DOCG, aos solos vulcânicos do Vesúvio e do Parco Nazionale dei Vesuvio, hoje uma das reservas mundiais da biosfera, pela UNESCO – uma atração à parte. Uma região repleta de vida, tradição e encantamento, com muito a descobrir.

Os vinhedos da vinícola Villa Matilde.

A uva típica Aglianico

Antiga variedade trazida da Grécia por volta do século VIII a.C., foi batizada pelos romandos de “Vitis Ellenica”, e renomeada pelos espanhóis, no período da dominação aragonesa em Nápoles nos séculos XV e XVI, como Aglianico.

Essa singular casta tinta encontrou no clima quente e nos solos vulcânicos da Campanha o terroir específico para expressar o melhor de suas características. O esplendor de sua forma remonta a mais de 2.500 anos, quando na Roma Antiga foi criado o famoso vinho Falernum – mescla de Aglianico e com a uva branca Greco di Tufo.

Protagonista dos melhores tintos do sul da Itália, atualmente a Aglianico é considerada uma das três grandes castas do país ao lado da Nebbiolo e Sangiovese. Consistente e encorpada, com grande presença gustativa e intensidade aromática, ainda expressa agradáveis notas minerais provenientes do terreno vulcânico. Entre os vinhos, merecem destaque especial o DOC Falerno del Massico Rosso e o contundente e elegante DOCG Taurasi.

Marca registrada da região, seu encanto, austeridade e alta qualidade garantem ao DOCG Taurasi a alcunha de Barolo do Sul. Com taninos marcantes, recomenda-se desfrutá-lo a partir do terceiro ano de idade. O tempo, como para os excelentes vinhos, é uma garantia de excelente evolução e memorável experiência.

Vinho Tinto Villa Matilde Taurasi 2007 750 mL

A vinícola Villa Matilde

Autêntica representante da região de Campanha, a história da Villa Matilde começou na década de 1960, quando Francesco Paolo Avallone, um advogado apaixonado por vinhos antigos e com um interesse permanente no “vinum Falernum” – descrito nas cartas do Plínio e na poesia de Virgílio, Marcial, e Horace -, decidiu trazer de volta à vida o lendário vinho.

Com o apoio de um grupo de amigos, incluindo professores do departamento de Ciências Agrárias, da Universidade de Nápoles, Avallone foi capaz de identificar, depois de anos de estudo, as variedades de uvas que produziram Falernum no tempo dos romanos. Com a ajuda de fazendeiros locais, replantou as vinhas que milagrosamente sobreviveram devastação pela filoxera no final do século XIX e então fundou Villa Matilde. Hoje, a vinícola é administrada por seus filhos, Francesco Paolo, Maria Ida, e Salvatore Avallone, que se dedicam única e exclusivamente a construir e enobrecer o sonho de seu pai.

Vinho Tinto Camarato 2005 750 mL

 

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Sicília: descubra porque os vinhos da ilha italiana estão na moda

Continue lendo

A vinícola San Marzano e a região da Puglia: conheça o sul da Itália

Continue lendo

Conheça os cinco B’s da Itália: Barolo, Barbaresco, Barbera, Brunello e Bolgheri

Continue lendo