Regiões da Espanha: Priorat

Publicado em 19/05/2014

O Priorat (Priorato, em espanhol; Priorat, em catalão) é uma pequena e singular região vinícola, onde há mais de oito séculos é elaborado um intenso e profundo vinho tinto, mundialmente reconhecido por sua qualidade e elegância.

Suas origens remontam ao século XII, quando os monges da Cartuja de Scala Dei, monastério fundado em 1163, introduziram a arte da viticultura nessa privilegiada terra. Segundo a lenda, esse monastério recebeu esse nome por causa do sonho de um pastor que via nesse lugar uma escada que levava a Deus.

Essa história região vinícola possuía mais de 5 mil hectares de vinhedos antes da chegada da praga Filoxera, mas apenas 1.500 de

Em 6 de Julho de 2009, Priorat se tornou a segunda região vinícola espanhola a conquistar a Denominación de Origen Calificada (DOCa, em espanhol; DOQ, em catalão), categoria superior reservada exclusivamente às Denominaciones que alcançaram os mais elevados índices de qualidade durante um longo período de tempo. A trajetória para obter a categoria superior começou em 2000, quando Priorat conseguiu tal reconhecimento por parte do governo da Catalunya.

A uva clássica do Priorat é a Garnacha tinta, presente na maioria dos vinhedos antigos. Garnacha Peluda, Cariñena, Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah também estão autorizadas. Entre as brancas, destacam-se: Garnacha Blanca, Macabeo e Chenin Blanc.

O solo do Priorat é composto majoritariamente por xistos em processo de desintegração – rochas laminadas e quebradiças de cor cobre escuro, nas quais penetram as raízes das vinhas em busca de umidade, água e nutrientes.

Xistos (pizzaras, em espanhol; no Priorat: llicorell ou llicorella)

Xistos (pizzaras, em espanhol; no Priorat: llicorell ou llicorella)

 

Esta matéria fala sobre: