Vega Sicilia - por trás do mito! Entrevista exclusiva com Antonio Menéndez

Publicado em 05/04/2017

Na entrevista exclusiva concedida para a Grand Cru, o Diretor Comercial da vinícola Vega Sicilia, Antonio Menéndez, falou com nossa equipe sobre o trabalho desenvolvido na adega, os motivos que tornaram os seus vinhos os mais famosos da Espanha, e até mesmo as fotos postadas no Instagram por Messi e Neymar com as garrafas do vinho Unico! Confira:

Grand Cru: Todos conhecem, admiram e desejam os vinhos da Vega Sicilia, não importa se estão iniciando no mundo dos vinhos ou se estão há anos nessa estrada. A que, na sua opinião, se deve esse sucesso?

Antonio Menéndez: É uma boa pergunta! É para se pensar… Eu acredito que pode ser um conjunto de coisas, como a tradição, a história, uma forma única de fazer as coisas que se repete ao longo dos anos. Afinal, a vinícola tem cerca de 150 anos! Lógico que nosso estilo de vinho é diferente, particular, tão especial não existe nenhum outro parecido na Espanha. Por outro lado, existe uma parte da explicação que é romântica, mágica, que não sabemos o que é, mas que está presente nos nossos vinhos.

Antes que a família Alvarez, comprasse a Vega Sicilia em 1982, existia um diretor que trabalhou praticamente durante cinquenta, sessenta anos na vinícola. E quando perguntavam para ele o que tinha de especial nos vinhos que eram produzidos ali, ele dizia: “não tenho ideia. É este campo, é esta vinha, é este pedaço de terra de Ribeira del Duero, que eu não sei o que é, que é diferente, e que não acontece em nenhum outro lugar do mundo”.

GC: Vocês encontraram em Ribera del Duero e em Toro vinhedos que dão origem a vinhos extremamente longevos. Estamos falando de vinhedos muito especiais. O que você acredita que causa essa longevidade?

AM: É verdade que a principal qualidade dos vinhos da Vega Sicilia são sua capacidade de envelhecimento. Com certeza isso é devido a um conjunto de coisas. Por um lado, é o tipo de blend de uvas que temos. Fundamentalmente, os vinhos da Vega Sicilia são de Tempranillo, mas alguns têm um pouco de outras variedades de uva, como é o caso do Unico, com um pouco de Cabernet Sauvignon, e o caso do vinho Valbuena, com um pouco de Merlot e de Malbec. Mas devo dizer que a matéria prima que temos é a qualidade da uva Tempranillo, que é sensacional. Eu me atreveria a dizer que é a melhor uva Tempranillo do mundo! E isso ajuda que os vinhos passem tanto tempo em garrafa. Mas a longevidade também é resultado da forma de elaboração dos vinhos. Nós não buscamos vinhos frutados, vinhos internacionais, não buscamos vinhos diretos. Nós buscamos vinhos elegantes, com um nível de acidez alto, e logicamente, como se diz no mundo do vinho “the acidity is the passport for eternity” (a acidez é o passaporte para a eternidade). E é esse estilo de vinho que nós sempre buscamos na Vega Sicilia!

GC: Uma pessoa que está começando a beber vinhos deveria procurar alguma safra mais antiga de um vinho da Vega Sicilia ou seria melhor garantir uma safra recente para guardar na adega e envelhecer em casa?

AM: Bom, a pessoa poderia comprar duas! Uma para beber hoje e uma para guardar (risos). É claro que todos os vinhos do grupo pedem um certo investimento e, certamente, essa é uma das características mais distintivas da Vega Sicilia em relação às outras vinícolas. Não existe nenhuma outra vinícola com uma capacidade de investimento tão potente. Mas obviamente, estes rótulos são preparados para serem bebidos hoje. Para se ter uma ideia, 95% dos vinhos da Vega Sicilia que se compram hoje são consumidos na hora. Mas é verdade que para os colecionadores de vinhos de guarda, que buscam investir e envelhecer seus vinhos em um local adequado – e isso é muito importante –, os nossos vinhos são uma proposta muito interessante.

Antonio Menéndez, em degustação exclusiva para clientes Grand Cru na loja Bela Cintra, em São Paulo, em março de 2017.

GC: Em uma conversa com o nosso Sommelier Executivo, Massimo Leoncini, ouvi dizer que foi no começo da carreira dele, no dia em que ele provou um Vega Sicilia depois de décadas de guarda, que compreendeu toda a mágica por trás dos vinhos da vinícola. Desde então, se tornou um verdadeiro fã da Vega Sicilia e aprendeu que era preciso ter paciência para entender vinhos assim. Você tem dicas para alguém que está dando os primeiros passos no mundo do vinho e deseja ter essa mesma experiência?

AM: Com certeza o Massimo está falando do Unico, que é o nosso vinho mais emblemático, o vinho icônico da Vega Sicilia. Ele é um vinho que tem dez anos de guarda antes de sair para o mercado. É um vinho que tem certa complexidade, não é um vinho tão fácil de entender como podem ser os nossos outros vinhos. Não é um vinho frutado, não é um vinho de perfil internacional, não é um vinho direto, é outra coisa. E, claro, temos outros vinhos produzidos pelo grupo que são uma boa aproximação do Unico. Um caminho bom para quem quer conhecer os vinhos da vinícola antes de chegar ao Unico é o Valbuena, que hoje em dia pode ser degustado perfeitamente bem por qualquer pessoa, mesmo não sendo um expert!

Vinho Tinto Vega Sicilia Único 2007 750 mL

GC: O Valbuena n. 5 safra 2010 é o vinho mais pontuado da história da vinícola. O que nesse vinho se destaca dos demais?

AM: O Valbuena 2010 é hoje o vinho mais pontuado da vinícola. Quando ele saiu, foi considerado o melhor Valbuena já feito por muitos anos – digo isso porque agora estamos com o Valbuena 2012 no mercado, que já é o melhor Valbuena feito por nós na história, com até mais pontuações dentro da Espanha. Para nós, essas pontuações são o reconhecimento de mais de 15 anos de trabalho continuo com o objetivo de melhorar a técnica do vinho a partir de sua mescla de uvas. O Valbuena tem sido produzido com 70% Tempranillo e 30% Merlot e Malbec. Agora, ele é quase 100% Tempranillo, reduzindo a participação das outras duas uvas no blend. E isso resultou o máximo potencial do corte na safra 2010.

Outro ponto é que 2010 foi o marco da inauguração da nova adega da Vega Sicilia, o que resultou em um salto qualitativo brutal na produção dos nossos vinhos. Essa nova adega foi construída com base em um estudo que fizemos com as nove parcelas de terra que trabalhávamos, dividindo-as em uma nova classificação de 55 microparcelas. O objetivo era definir o melhor tipo de uva para cada uma delas. Como resultado, a nossa adega conta hoje com 55 tanques para podermos vinificar parcela por parcela dos vinhedos.

O Valbuena n. 5, por exemplo, é um vinho que envelhecemos por cinco anos antes de sair para o mercado, três anos em madeira e dois anos na garrafa. Ele é um vinho espetacular pois podemos traçar o seu desenvolvimento até um ano e meio após a colheita da uva. E isso interferiu muito positivamente na forma como produzimos nossos vinhos. Ou seja, ficou provado que essas inovações tecnológicas estavam intimamente relacionadas com a excepcional qualidade do Valbuena 2010.

Vinho Tinto Vega Sicilia Valbueña 5 2010 750 mL

GC: O vinho Alión sempre rouba a cena nas degustações organizadas pela Grand Cru. Por que você acha que ele chama tanta atenção nas degustações, mesmo quando o preço não é importante? Quais as características que fazem este vinho se destacar entre os demais?

AM: O Alión é um dos vinhos mais equilibrados e harmoniosos que temos no grupo. É, hoje, a melhor apresentação que existe no mundo de um vinho de Ribera del Duero moderno. É um vinho moderno, com um perfil internacional, muito amigável para as pessoas. Com muita elegância e cremosidade, tem persistência em boca. É um vinho muito completo e gastronômico. A melhor proposta de todos os vinhos do grupo.

GC: Recentemente, tivemos muito retorno dos nossos clientes por causa das fotos postadas pelos jogadores de futebol Messi e Neymar, do Barcelona, em suas contas pessoais do Instagram com vinhos da Vega Sicilia. Foi uma ação de marketing da vinícola ou foi uma surpresa?

A foto do Neymar e do Messi? Foi totalmente espontânea! Ainda mais porque foram os dois que publicaram quase ao mesmo tempo. Na foto do Messi são duas garrafas de safras diferentes do Unico, a de 1987, ano do seu nascimento, e a de 62, ano do nascimento de sua mãe. A foto foi tirada no dia do aniversário dela. Na época não sabíamos onde eles tinham comprados os vinhos, mas fizemos questão de perguntar, já que foi algo muito inusitado para nós também. Eles disseram que chegaram em uma loja de vinhos em Barcelona e pediram pelos melhores vinhos da Espanha para suas comemorações particulares. E muito amavelmente não apenas compraram os nossos vinhos, mas publicaram as fotos com eles em suas redes sociais. A repercussão tem sido incrível!

Para se ter uma ideia, se pensarmos em todo o buzz na internet e na televisão, não apenas na Europa, mas também no Brasil, na Argentina e no México, a repercussão está estimada em 6 milhões de pessoas. Como resposta, fizemos questão de enviar uma carta de agradecendo em nome da Vega Sicilia.

Conheça todos os rótulos da Vega Sicilia vendidos pela Grand Cru aqui.

A post shared by Leo Messi (@leomessi) on

Foto postada pelo jogador Messi com dois vinhos Unico, das safras 1987 e 1962.

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

Além da Tempranillo: as outras uvas tintas da Espanha

Continue lendo

Conheça os cinco B’s da Itália: Barolo, Barbaresco, Barbera, Brunello e Bolgheri

Continue lendo

Churchill Graham, uma história de Vinho do Porto e inovação

Continue lendo