Receita: Entrecôte com molho especial de mostarda

Publicado em 05/10/2016

Conhecido também como contrafilé, bife ancho ou cube roll, o Entrecôte é uma carne de fibras curtas, o que significa que é um corte bom para ser grelhado, assado no forno ou frito. O prato francês está cada vez mais famoso no Brasil e muitos restaurantes o servem exclusivamente. Confira abaixo a receita da carne macia e suculenta com molho de mostarda acompanhando de fritas e, é claro, um bom vinho.

Rendimento: 4 pessoas | Tempo de Preparo: 50 min | Nível de Dificuldade: Média

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de manteiga
  • ½ cebola picada
  • ¼ de xícara de chá de cebolinha picada
  • 2 colheres de sopa de alho-poró picado
  • 1 colher de chá de pimenta-do-reino moída
  • 1 xícara de cenoura ralada
  • 2 colheres de farinha de trigo
  • 200 mL de caldo de carne 
  • 1 colher de sopa de mostarda Dijon
  • 200 mL de creme de leite fresco
  • Ramos de tomilho a gosto
  • 1 colher de chá de sal
  • 4 colheres de sopa de vinho do porto
  • 800 g de entrecôte

Modo de preparo

Molho

Derreta a manteiga e refogue a cebola em uma panela funda em fogo médio. Quando estiver dourada, acrescente a pimenta e o alho-poró. Quando o alho-poró amolecer, acrescente a cenoura à mistura e deixe refogar por 4 minutos, sempre mexendo com uma colher de pau. Acrescente a farinha de trigo devagar e mexa até que ela fique bem torrada, marrom claro, com bastante cuidado para que a massa não grude na panela. Acrescente o caldo de carne junto com o tomilho, o Vinho do Porto, o sal e a mostarda. Cozinhe por 20 minutos e retire a mistura do fogo. Em seguida, bata no liquidificador e acrescente o creme de leite e reserve o molho em uma panela tampada. Se quiser, agora é um bom momento para experimentar e checar se é necessário acrescentar mais sal.

Carne

Limpe a peça e corte em bifes de três centímetros de altura ainda com a gordura. Depois tempere a carne com sal e leve para grelhar. O tempo de cozimento fica a gosto, pode ser ao ponto ou mal passado. Coloque o molho por cima da carne e sirva com batatas fritas ou assadas para acompanhar. Se preferir, o molho pode ser servido à parte.

Para harmonizar: nós indicamos dois rótulos que combinam perfeitamente bem com o entrecôte, um vinho italiano e um vinho espanhol.

Com uma incrível intensidade aromática, este tinto espanhol traz notas de frutas vermelhas, mentol e violetas, com sabores bastante frutados. A acidez é moderada e o vinho tem boa persistência e corpo. O Vinho Tinto Ribera del Segura é típico da região da Jumilla, na Espanha, feito 100% da uva Monastrell.

Leve, redondo e fácil de beber, uma supernovidade no portfólio da Grand Cru. O Vinho Tinto Mannara Nero d’Avola entrega com perfeição um aroma deliciosamente frutado, diretamente da Sicília, na Itália.

Esta matéria fala sobre: Carne bovina