5 vinhos europeus de R$ 23 a R$ 50 para abastecer a adega

Publicado em 01/02/2018

Sabe aquele vinho argentino e chileno que você já cansou de comprar? Deixe ele de lado um pouco e aproveite os excelentes preços do Grand Solde, saldão de vinhos da Grand Cru, para conhecer os vinhos do Velho Mundo. Corra, pois a promoção só vai até o dia 28 de fevereiro ou enquanto durarem os estoques.

Itália: Vinho Tinto Grifo Le Viole Puglia IGP 2017

de R$ 39 por R$ 23,40

A Puglia é, sem dúvidas, uma excelente porta de entrada ao Velho Mundo, e este vinho é um exemplo perfeito disso. Feito a partir do inusitado corte da uva Nero di Troia com a Merlot, ganhou maciez e frescor, além de notas de ameixa e violeta. Se por R$ 39 já representava ótimo custo-benefício, quem dirá agora, com 40% de desconto, por menos de R$ 24.

Itália: Vinho Tinto Villa Medoro Fontecorvo Montepulciano d’Abruzzo DOC 2015

de R$ 59 por R$ 44,25

Você sabia que a segunda uva mais cultivada na Itália é a Montepulciano? Ela dá origem aos vinhos mais consumidos pelos italianos no dia a dia. Não à toa: harmoniza perfeitamente bem com a culinária típica do país da bota. Os aromas deste vinho vão de frutas vermelhas a ervas secas, ganhando boa acidez e corpo médio para leve no paladar.

Espanha: Vinho Tinto Romeo 2015

de R$ 59 por R$ 44,25

Localizada no sul da Espanha, Jumilla é a região da vez no mundo do vinho. Lá é fácil encontrar vinhos com ótima relação preço-qualidade (muitos deles feitos com a uva Monastrell, como é o caso deste). Frutas secas combinam-se a notas de cacau e especiarias no nariz. Com boa presença de boca, é um vinho que harmoniza muito bem com carne vermelha.

Portugal: Vinho Rosé Casal Branco Terra de Lobos Rosé 2016

de R$ 59 por R$ 35,40

É verdade que os rosés são a especialidade da região francesa da Provença, mas há outros lugares que produzem vinhos rosados com toda a delicadeza e todo o frescor que o estilo pede. Este rosé português, feito a partir da principal uva do país, a Touriga Nacional, com a Syrah; é muito frutado, macio e com mais corpo do que os exemplares franceses.

França: Espumante Jeanne de Coste Brut

de R$ 59 por R$ 50,15

Se os espumantes franceses têm fama de serem os mais caros do mundo, este está aqui para provar que é possível, sim, encontrar boas oportunidades produzidas dentro das fronteiras do país europeu. Despretensioso, é um espumante frutado e muito cremoso – ótima pedida para um dia de sol à beira da piscina ou até mesmo para fazer coquetéis Spritz.

Por Gustavo Jazra

Esta matéria fala sobre:

Matérias relacionadas:

5 vinhos abaixo de R$ 40 para levar à piscina

Continue lendo

Conheça a Primitivo, a uva que é considerada a ponte entre o Novo e o Velho Mundo do Vinho

Continue lendo

10 perfis do Instagram sobre vinhos para seguir e se apaixonar!, por Mariana Vieira

Continue lendo

3 petiscos de praia harmonizados com vinhos, por Bru Calderon

Continue lendo

Carne vermelha e vinho tinto: aprenda a harmonizar cada tipo de corte de carne

Continue lendo

O serviço completo dos espumantes: como guardar, abrir, servir e harmonizar

Continue lendo